sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Qual a verdadeira solidão do pós parto?

Primeira regra da maternidade: não comparar o filhos/gestação.
Primeira coisa que a gente faz: comparar.


Já que é inevitável, vamos lá...

Como sabem, tive minha segunda cesariana (dessa vez não de emergência e nem no rol indicativo de cesárea, mas no meu rol, rsrs).

A primeira foi traumática para mim em diversos sentidos que eu nem sabia definir, agora estou superando cada um dos medos que ficaram ao passar novamente de outra forma, estou entendendo e aceitando cada uma... e uma delas foi o sentimento de "estar bem", sentir-me bem, sentir-me segura, protegida  (tudo o que colabora, inclusive, na recuperação física).

É estranho perceber que esse fato se deu à presença de poucas pessoas dessa vez. Bem menos visitas (nenhuma no hospital), menos fotos postadas sem minha autorização no facebook (nenhuma, na vdd), menos perguntas e menos palpites (mas ainda existem), percebi que isso se deu ao fato de ter menos pessoas agora ao meu lado, porém ter as pessoas verdadeiras, as que estão aqui por amor a mim e aos meus filhos, em vez de apenas por curiosidade.

Então a culpa da solidão pós parto está nas pessoas?

No meu caso, eu diria que sim. Porque a pior solidão é aquela que você tem pessoas ao seu redor que não acrescentam (e essas conseguem diminuir as que de fato estão pra te ajudar). Agora, mesmo sozinha eu não estou só.

Moro longe de minha mãe e sogra e ainda assim tudo tem corrido muito bem. As ajudas são necessárias e vem na hora certa.

As amigas que estão comigo não estão só pra postar foto dos meus filhos lindos (modéstia a parte) no instagran (elas vem me visitar e nem se quer tiram fotos), elas me mandam mensagem pra saber DE MIM, pra saber do bebê, pra oferecer ajuda. São a verdadeira definição de amigas.

Percebi que são exatamente as mesmas pessoas da primeira vez (mas que agora consigo perceber a tempo que são, porque não tem fofoqueiros de plantão estragando essa roda de amor), algumas novas amizades, mas tão verdadeiras quanto.

Em quatro dias tive um "surtinho" ao nao dormir das 3hr as 6hr da madrugada, mas eu também não estava sozinha.

Marido acordado comigo me ajudando e as pessoas certas me ouvindo e dando forças na manhã seguinte. Me dando motivos e dicas para ir dormir, me deixando dormir.

Enfim, solidão não é estar sozinho, mas ter "ajudas" que não são verdadeiras e nem por amor. Porque quando temos poucas pessoas, mas verdadeiras, superamos tudo.

Como sempre digo: o amor tudo supera.

E estou eternamente grata pelo amor imenso que está me fazendo ter os melhores 4 dias de puerpério que tanto eu estava temendo.

Edit - 18 dias de pos parto e mantenho todas essas palavras. Lembre que para superar essa fase a melhor forma e o amor! 


quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Lucca nasceu 💙💙

Primeiramente: se alguém duvida que amor aumenta, tenha o segundo filho! (Mas o cansaço tbm kkk). Mas vamos ficar só com a parte do amor, porque esse... ah! Esse amor... supera tudo, passa por tudo.




Lucca chegou me ensinando tanto quanto a Lara. Chegou pra me ajudar a superar os traumas da cesárea dela (agora que percebi que não tenho um relato do parto, tamanho foi o desgaste... fico devendo) e me permitiu conhecer todos os caminhos para um parto natural, apesar de nossa escolha consciente da cesárea ao final, não tivemos nenhuma intervenção durante o trabalho de parto, foi tudo lindo e respeitoso. Me senti amada pelo marido, como é bom, gente... seus laços aumentam, você vê que o homem que escolheu pra passar a vida do seu lado tá mesmo pronto pra tudo com você, mesmo que tenha que superar os próprio limites.


Vou relatar tudo depois, mas preciso falar desse amor que está emanando para todo lado desde sábado, quando Lucca começou a dar sinais de nascer.
Me senti totalmente cuidada e amada pelos amigos, mãe, irmã, comadres, sogros, marido! ❤
Todos sabiam o quanto eu queria um PN e torceram por mim pra isso, me incentivaram... mas percebi, ao olhar aquele líquido que saia junto com cocô, que toda mãe sabe o que de fato é melhor, que loucura é bem diferente do que definem por aí. O médico disse que até conseguiríamos um PN e rápido  (o meconio - coco do bebe - acelera o processo), mas que quem decidiria seria nosso bebê, teríamos ainda mais uma hora pela frente de TP, com contrações aumentando de ritmo e intensidade. Jurei ali com Yuri que nunca mais teria filhos, foi a fase foda do TP, doía tanto que acho que até xinguei ele, e aquele líquido sujo que continuava escorrendo a cada contração me deixava preocupada. Eu nem sei se eu senti medo, não sei definir, só sei que queria que acabasse logo... pelas dores e pra poder ver que meu bebê estava bem, principalmente.

Já no centro cirurgico foi um alívio quando colocaram Lucca do meu lado, todo sujinho (sangue + vernix + mecônio), mas lindo! Gente, como é incrível, como o amor salta ali!
Disseram que teriam que limpá-lo (banho ele tomou apenas no dia seguinte) por causa do mecônio e o marido foi junto, acompanhou tudo... enquanto minha cirurgia continuava, com muito respeito, doutor conversando comigo, explicando sobre o que estava fazendo (não lembro de nada, não entendo nada, só da parte que ele não conseguiria deixar do mesmo tamanho do corte anterior, mas me senti bem por ele tentar me explicar).
Aí voltou meu marido e o Lucca enroladinho numa fralda e mamou ali mesmo no centro cirúrgico.
Daí pra cá tem sido um amor que aumenta a cada momento. Estou apaixonada. ❤

Volto para explicar cada detalhe depois... mas por ora, só queria deixar registrado o tamanho desse amor. Vale a pena, gente!

Consegui superar uma cirurgia por ele, superei as contrações (que já nem lembro como era a dor exatamente, porque depois que passam, é só alívio) por ele, superei meus próprios medos. Ele chegou me ensinando que sou muito mais forte do que imagino e quem manda aqui é ele, ahahah.

Detalhe: ele nasceu 03/09/2017, dia do aniversário do papai. 38+4 semanas. 3.370kg. 49cm.



Detalhe 2: a irmãzinha está na praia com a tia, e mesmo de longe cuida de mim e me passa amor, me mandou audio dizendo que "ia ali na praia e já voltava".

Detalhe 3: amor é o melhor sentimento do mundo!!! E estou extasiada dele! ❤❤❤


Texto escrito ainda no hospital




Tiquequê em Campinas - Gratuito


O preferido das meninas. Musical O Gigante.
Desde 2001 o grupo cria espetáculos unindo música, dança, teatro e narração de histórias com canções do passado e do presente. Muito animado, chamativo e criativo.

Dia 1/10 as 10h o grupo apresentará na Concha Acústica do Parque Portugal em Campinas SP.


Esse evento faz parte da 8° Semana da Educação em Campinas.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Aeroporto Amarais

Aqui em Campinas tem um aeroporto para aeronaves de pequeno e médio porte. Também  tem escolas de pilotagem de aeronaves. É um lugar muito bonito com muito verde, silêncio e um por do sol maravilhoso.

Nós fomos lá e descobrimos um museu ao lado da lanchonete com peças antigas de um dos primeiros aviões, história de como foi a aviação no Brasil e em Campinas. Muito legal ver a história e o esqueleto por trás de um meio de transporte tão comum no nosso dia dia.
No Aeroclube de Campinas é possível ver as aeronaves de perto, mas eles tinham fechado mais cedo não conseguimos entrar para ver.


Tanto aeroclube, lanchonete e museu ficam abertos das 8h da manhã até o por do sol.
Endereço:
Hangar Condomínio Amarais - Rua Sylvia da Silva Braga, 415 - Jd Sta Monica, Campinas SP
Evento gratuito.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Mar de bolinhas Galinha Pintadinha

Fomos fazer o RG da gêmeas no Poupa Tempo do Campinas Shopping e (é claro) tinha aquelas atrações para crianças. Para nós que temos 3 meninas é bem complicado essas atrações, se dissermos não(como na maioria das vezes) saímos do shopping com 3 crianças aos prantos e gritando. Se dissermos sim, são 3x mais o valor da entrada.
Cedemos dessa vez e é claro, elas adoram!

Dessa vez foi o Mar de bolinhas da Galinha Pintadinha, elas não podiam deixar de ir já que o desenho favorito do momento é "Galinha Pintadinha-mini".
Quem quiser ir o Mar de bolinhas ficará disponível até dia 30 de setembro.

Menores de 4 anos devem ser acompanhados dos responsáveis.

Valor: R$15,00 por 20 minutos.
Ache a Alice




Endereço:
Campinas Shopping praça eventos
Rua Jacy Teixeira Camargo, 950 - Jardim do Lago, Campinas SP

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Termas dos Laranjais- Olímpia NÓS FOMOS!

🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌🙌
Yeah!!!
Ta procurando algum lugar que dá para pais e filhos se divertirem ao mesmo tempo? É esse o lugar!
Na foto acima eu mostro metade da parte INFANTIL. Tudo com água quente, maravilha!
Olha a ansiedade kkkk
O parque é tão perfeito que não tem um espaço sem água ou brinquedo, a cada passo tem um lugar novo. Um dia é pouco para explorar mas é tão grande que cansa! kkk


Ingressos: 

Semana
R$80,00 adulto
R$10,00 crianças de 1 a 6 anos
R$40,00 meia

Final de semana
R$100,00 adulto
R$10,00 crianças de 1 a 6 anos
R$50,00 meia


Mas pela internet você pode conseguir desconto de 10%:


Eu fiquei quebrada por uns 3 dias.


Fomos numa segunda feira então não tinha filas para nada.


Deixamos as meninas na parte infantil no início e combinamos com elas de explorarmos o parque e depois voltamos, eu recomendo levar alguém para ficar com os pequenos, alguns brinquedos tem altura mínima de 1,20m. Mas se tiver alguém para revesar e ser babá, não fica de fora das atrações, todas elas tem como ficar esperando se divertindo pra valer.

Nos toboágua que tem essas restrições tem como ficar no bar/piscina, não tem um lugar sequer que os pequenos fiquem chupando o dedo.

Quando voltamos para a parte infantil deixamos as crianças a vontade, sem pressa, sem restrições.Tinha toboágua para elas e esse monte de água que cobria apenas as perninhas delas, sem riscos de afogamentos. Elas brincaram 3 horas sem parar, só pararam porque os adultos estavam cansados e queriam ir embora kkkkk.


Piscina de areia, uma delícia, parece areia movediça


 Panorama da parte infantil

Surf

Dicas:

-Alugue um armário para as tralhas, ninguém rouba nada mas é ruim carregar sacola por todo o parque e não é caro.
-Pesquise bem o preço dos restaurantes antes de comprar algo, há muita variedade de comida e de preço.
- Esqueça os chinelos, você não vai usar.
-Vá com alguém disposto a ajudar com as crianças para você se divertir também.
-Durma lá, no GROUPON tem várias promoções de resorts. Bate e volta só rola se você morar perto de Olímpia, você vai sair de lá querendo cama e não dirigir.
-Compre uma capinha à prova d'água para o celular, eu não comprei com medo das fotos sairem manchadas mas aí não pude carregar o celular e não tirei várias fotos que eu queria tirar.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Fazendo cachos com canudinho 1° vez

Meu cabelo é cacheado mas depois da maternidade ele caiu demais e os cachos ficaram horríveis, aí fiz selagem, deixou lindo a raiz, praticamente liso mas os cachos ficaram indefinidos. Aí fiquei com saudades dos meus cachinhos e peguei a ideia da internet.
 Peguei uma mecha de cabelo, e fui enrolando das pontas à raiz no meio do canudinho. Coloquei uma das pontas dentro da outra.
 Dormi, não ficou desconfortável, foi uma noite tranquila.
De manhã abri os canudinhos e empurrei a mecha para fora do canudinho. Ficou mega cachedinhos.
 Ai fui desmanchando um pouco porque ficaram muito definidos rs.
Fim. Eu amei.
Super fácil de fazer.

Destaque do dia

FANTASIA DE CARNAVAL - "PRINCESA UNICÓRNIO"

Receba novas postagens por e-mail!

Posts Recentes