Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Aniversário chegando - Tema Reino Encantado

Lembrancinha Chaveirinho em forma de coroa. - passo a passo


Você vai precisar de:
Linha dourada (para o contorno)Linha branca (para costurar as pérolas)Manta acrílicaTesouraFeltroCola GlitterPérolas

Faça o molde da coroa e corte o feltro ( a dica é já cortar duas faces, assim elas ficam iguaizinhas)




Com a linha dourada (ou da cor que você escolher ) vá alinhavando toda a volta da coroa.Deixe um pequeno espaço ao final para preencher com a manta acrílicatermine de alinhavar e de um ponto final.





Costure as pérolas em cada ponta da coroa ao seu modonuma das pontas costure a argolinha do chaveiroCom cola Glitter você pode escrever a letra do nome da criança ou alinhavar com a mesma linha dourada.










Por: Bruna Francine







Meu pé de cebolinha

Antes dos cinco anos o principal aprendizado da crianças vem através do lúdico.  A brincadeira é importante para o aprendizado e faz parte do crescimento.  Toda criança tem que aprender brincando, pois são as brincadeiras de criança que ensinarão os valores de adulto.  Criança que não brinca será consequentemente um adulto frustrado.  Precisamos aprender a ver o belo da vida, e o belo começa agora.
Hoje, a tarefa do belo foi através da plantinha. Ter um vasinho com uma planta qualquer para a criança cultivar é essencial para ela entender a persistência, o amor, a paciência,  a responsabilidade,  tudo aprendido através do "brincar de plantar". Pode ser uma planta simples, desde que a criança tenha contato com a terra, tenha responsabilidade em cuidar daquela plantinha.  Em casa começamos com uma cebolinha,  e todo dia Lara pede pra "molar a pantinha". Ela já aprendeu que precisa ser persistente pra ver crescer. Isso gera compromisso,  e é o que ela levará pra vida t…

É só conciliar!

Minhas notas finais...
Quase pulei até o teto quando vi essa coluninha na minha página do aluno!!!




 Eu fui aprovada em TODAS as matérias, DIRETO! Como é bom ver que os esforços valem a pena. Tem sido difícil sim, às vezes me sinto culpada e a pior mãe do mundo por deixar a Lara. Mas eu sei que no fundo fará bem pra nós duas. Aliás, ela vai crescer, vai me ver formada, e só vai importar pra ela o amor que dei e darei todos os dias, a atenção, o carinho. Muitas vezes estava estressada, com medo das provas, nervosa, mas eu olhava pra ela e pensava: "Ela não tem culpa de nada", então achava forças de onde não sabia que existia e brincava de "neneca", dava banhos que nem precisavam, só para ter mais contato, deixava ela rabiscar meus livros.. E quando eu olhava pro meu VADE MECUM na hora da prova todo riscado, eu focava, porque aquele momento era eu e os livros, eu e o Direito. Lara estava em casa, e eu tinha que deixar ela lá, mas tinha que focar enquanto tivesse só eu e…