domingo, 20 de dezembro de 2015

Aniversário chegando - Tema Reino Encantado

Lembrancinha

Chaveirinho em forma de coroa. - passo a passo




Você vai precisar de:

  • Linha dourada (para o contorno)
  • Linha branca (para costurar as pérolas)
  • Manta acrílica
  • Tesoura
  • Feltro
  • Cola Glitter
  • Pérolas


  • Faça o molde da coroa e corte o feltro ( a dica é já cortar duas faces, assim elas ficam iguaizinhas)





  • Com a linha dourada (ou da cor que você escolher ) vá alinhavando toda a volta da coroa.
  • Deixe um pequeno espaço ao final para preencher com a manta acrílica
  • termine de alinhavar e de um ponto final.






  • Costure as pérolas em cada ponta da coroa ao seu modo
  • numa das pontas costure a argolinha do chaveiro
  • Com cola Glitter você pode escrever a letra do nome da criança ou alinhavar com a mesma linha dourada.











Por: Bruna Francine








terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Blog que sigo: Olá Meninas!

Olhem esse blog que lindo!
Pra nós que somos mães jovens e não temos tanto tempo para correr atrás da beleza, moda, roupas... mas mesmo assim não podemos deixar nada de lado, esse blog nos ajuda com boas dicas, afinal, somos mães, mas antes somos mulheres e jovens!

Sigam lá:


Olá Meninas!: 

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Meu pé de cebolinha

Antes dos cinco anos o principal aprendizado da crianças vem através do lúdico.  A brincadeira é importante para o aprendizado e faz parte do crescimento.  Toda criança tem que aprender brincando, pois são as brincadeiras de criança que ensinarão os valores de adulto.  Criança que não brinca será consequentemente um adulto frustrado.  Precisamos aprender a ver o belo da vida, e o belo começa agora.

Hoje, a tarefa do belo foi através da plantinha. Ter um vasinho com uma planta qualquer para a criança cultivar é essencial para ela entender a persistência, o amor, a paciência,  a responsabilidade,  tudo aprendido através do "brincar de plantar". Pode ser uma planta simples, desde que a criança tenha contato com a terra, tenha responsabilidade em cuidar daquela plantinha.  Em casa começamos com uma cebolinha,  e todo dia Lara pede pra "molar a pantinha". Ela já aprendeu que precisa ser persistente pra ver crescer. Isso gera compromisso,  e é o que ela levará pra vida toda. Ela não lembrará dos vários brinquedos de plástico,  mas lembrará do amor que ela precisou cultivar. 
Agora o próximo passo é ela plantar uma árvore em algum lugar público.  Que não precisará de cuidados diários,  mas que de quando em quando teremos que ir ver, brincar, conversar com a árvore (parece bobo, mas esse vínculo com a natureza torna a Criança mais compreensiva,  calma, e responsável). Não podemos criar máquinas,  precisamos criar seres humanos, e pra isso precisamos estabelecer vínculos com o que nos faz humanos. É mais um exercício para nós adultos que muitas vezes deixamos o encanto de lado.  As crianças por si só vão entender.  Nós precisamos de um esforço. 

E vamos amar a natureza!  Porque ela também nos faz humanos.

PS: cuidar de um animalzinho também é forma de criar vínculo,  amor, responsabilidade (Mas cuidar mesmo. Amar. ).

PS2: Agora a vovó aumentou uma plantinha no vaso da Lara. E elas cuidam dessa também.  

Tente! Seu filho vai amar!

Por: Bruna Francine

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

É só conciliar!

Minhas notas finais...


Quase pulei até o teto quando vi essa coluninha na minha página do aluno!!!





 Eu fui aprovada em TODAS as matérias, DIRETO! Como é bom ver que os esforços valem a pena. Tem sido difícil sim, às vezes me sinto culpada e a pior mãe do mundo por deixar a Lara. Mas eu sei que no fundo fará bem pra nós duas. Aliás, ela vai crescer, vai me ver formada, e só vai importar pra ela o amor que dei e darei todos os dias, a atenção, o carinho. Muitas vezes estava estressada, com medo das provas, nervosa, mas eu olhava pra ela e pensava: "Ela não tem culpa de nada", então achava forças de onde não sabia que existia e brincava de "neneca", dava banhos que nem precisavam, só para ter mais contato, deixava ela rabiscar meus livros.. E quando eu olhava pro meu VADE MECUM na hora da prova todo riscado, eu focava, porque aquele momento era eu e os livros, eu e o Direito. Lara estava em casa, e eu tinha que deixar ela lá, mas tinha que focar enquanto tivesse só eu e a faculdade, porque eram daí que surgiriam os frutos sem que precisasse deixá-la sem atenção.
O mais importante de tudo isso, o que mais me faz sentir mãe, me faz ser mulher é perceber que consigo fazer cada coisinha com dedicação, e que acima de tudo nunca deixei o carinho de lado. Ela está numa fase difícil agora, prestes a completar dois anos; faz birras, chora quando quer algo, e mesmo assim eu não tenho perdido a paciência, como achei que aconteceria por fazer muita coisa. Eu tenho conseguido ser mãe presente, mesmo com tantos compromissos. estou feliz com isso. Claro, não é sempre maravilhas, eu choro muito e muitas vezes penso que não sou nada, mas consigo levantar, olhar pra frente e seguir. Nunca chorar na frente dos filhos é uma dádiva de mãe, aprendi isso! Como podemos não é mesmo?! Ah! Mas podemos! Tenho medos...tenho sonhos.. mas eu sei que vai valer a pena, está valendo. Acredito que dificuldades não existem à toa. existem porque somos capazes, e pra vermos o quanto somos valiosas e o quanto podemos ir além!

Sempre agradeço a Deus por ter permitido cada coisa na minha vida, e principalmente por pôe nela pessoas maravilhosas que me ajudam. Minha mãe, minha comadre, minha irmã... mulheres como eu, que lutam e sonham comigo! 
E que a Lara seja cada vez mais amada!
Obrigada Deus! Parabéns a mim! Obrigada Lara!
E que venham as férias pra gente curtir!




Por: Bruna Francine

Destaque do dia

Ser mãe

Receba novas postagens por e-mail!

Posts Recentes

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?