Pular para o conteúdo principal

Biblioteca Municipal de Uruguaiana

#passeiodeférias

Aqui as férias de inverno são bem mais curtas que as de verão, ficamos por aqui mesmo e aproveitei para levar Lara conhecer alguns pontos turísticos da cidade de Uruguaiana/RS, cidade que estamos morando atualmente.

Como deixei o blog desatualizado, vou contar brevemente:

Após morarmos 6 meses no Rio de Janeiro ano passado, nos mudamos para o Rio Grande do Sul em janeiro deste ano, e nem acredito que já se passaram 7 meses. É uma cidade de fronteira, atravessando a ponte estamos na Argentina e andando um pouco pela estrada, após passar pela pequena Barra de Quaraí/RS e atravessar a ponte sob o Rio Uruguai, estamos em Bella Unión/Uruguai. 

Tivemos muitas adaptações, e por incrível que pareça adaptar-se ao frio foi a mais fácil delas rsrs. Quem mora no interior de SP e pegou 3 graus de frio sabe bem. Pelo frio já esperávamos e nos preparamos pra ele, este ano chegamos a sensações inferiores a zero aqui no Sul. Mas nos saímos bem.

Acultura, dialetos, distâncias, comida, foram adaptações lentas, mas que agora já queremos levar pra onde quer que seja nosso próximo destino. Não tem como não se apaixonar por essa cidade e esse estado! 

Enfim, voltando as férias, resolvemos aproveitar e levar Lara conhecer os pontos turísticos da cidade. Hoje trago um pouco da biblioteca municipal. Foi a primeira vez que ela foi em uma biblioteca fora da escola e adorou a experiência.




Esse cantinho é reservado à coletânea gaúcha, esse estado é muito rico em cultura,
 e nada melhor que retratá-la em livros. Adoramos conhecer esse cantinho.

Adorei essa Constituição Federal em braile. Muito importante incluirmos de fato.

Esse é o cantinho dos livros em braile.


Livro escolhido

Área de estudo


Eu passava todas as férias na biblioteca, me desafiava a sempre ler mais livros que as férias anteriores, e conseguia! Exemplo é o que faz ela também amar livros.

Ler nos leva a mundos desconhecidos e torna o nosso mundo mais leve. 
Leia. 
Incentive uma criança a ler!



Bruna Bronzato.
Autora do blog Jovens Mães
Advogada.
Mãe de casal
Co-autora dos E-books 3ª e 4ª Edição Femijuris - 
Direito das Famílias e Direito das Mulheres

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como eu descobri que estava grávida pelo gráfico da temperatura basal

Quando eu queria engravidar da Nicole eu tinha 18 anos. Eu queria muito e fui lendo de tudo que eu via na internet. Naquela época ainda não tinha os grupos do facebook então eu passava meu tempo nos fóruns dos sites. Eu seguia muito um que tinha tipo um "aplicativo" que com as informações inseridas ele fazia um " Gráfico da temperatura basal". O site é Mamanandco.

Eu testei ele no primeiro mês sem o anticoncepcional. Era mais para entender meu ciclo e ver mais ou menos qual dia eu ovularia, depois de 2 meses fazendo o gráfico eu saberia como meu corpo trabalhava diariamente.

Acontece que eu engravidei no primeiro mês kkkk.

Eu percebi lendo no gráfico que justo nos dias que eu tinha ovulado nós tinhamos namorado e eu tinha quase certeza que estava grávida dias depois da minha ovulação.

Lactante pode comer manga?

Eu nunca gostei de ciências biológicas, mas sempre achei que o básico que aprendemos na escola, ou deveria ser aprendido, tinha relação total com essa coisa de "passar para o leite". E eu não estava errada, mas sou de humanas né? ! Como é que vou sair dizendo pra todo mundo que não tem nada haver se não lembro nem como são as "quebras" dos componentes ?
Logo que surgiu a "enquete" no Instagram eu fiz a minha primeira com o meu café da manha: manga com leite. Lactante pode comer manga? Imaginei que fosse ser um sim unânime.  Portanto houve bastante NÃOS.


Por isso, resolvi pesquisar mais (eu estava convicta de que não tinha problemas,  mas com tanta gente dizendo que sim... Vai que... né) 
Acontece que para a mãe que amamenta "tudo é proibido" porque "passa para o leite". Porém, não é bem assim.
Bom, eu não vou sair dizendo nada. Vou apenas continuar comendo meu feijão diário e deixar a dra Nutri e consultora em aleitamento materno aí expli…

Como anunciar a gravidez para a família

A chegada de um bebê é sempre muito especial, e quando é esperado e desejado, quando descobrimos queremos contar para o mundo, não é mesmo?

Mas por aqui, na descoberta do segundo filho, quisemos algo especial que marcasse, pelo menos para os avós.

Então aguentamos firme depois de descobrir pelo teste de farmácia a gravidez, confirmamos pelo de sangue e no fim de semana fomos revelar aos avós.

Levamos um vaso de flor, como quem não quer nada, com um bilhetinho escrito assim:

"Você ainda não me conhece, mas sei que vai me amar muito como papai e mamãe. Nos encontramos daqui alguns meses.
Beijos, vovó."
Pensa numa felicidade da minha mãe? Rsrs. Minha sogra também ficou muito feliz, e a pergunta das duas foi: é verdade? (gente, claro que é, ou acha que eu ia comprar um vaso de flor e bilhetes assim pra fazer graça? kkk brincadeira, essas coisas não falamos rsrs).
Mas pequei ao não tirar fotos e nem filmar a reação delas. Se puderem fazer isso, façam! Vai ser demais.
Vou deixar aqu…