domingo, 14 de janeiro de 2018

A louca conexão de gêmeos

Gêmeos é uma coisa muito louca.
Se uma ta machucada a outra quer ficar também, finge, chora, até se machuca de propósito para ganhar atenção. Porém nas tretas elas se resolvem sozinhas, raramente preciso intervir, até quando uma machuca a outra elas se resolvem.
Mas uma coisa que não falha desde que nasceram e não é de propósito, é xixi e cocô. Ontem no shopping Alice quis ir ao banheiro fazer numero 2. Foi com a vó e Livia ficou comigo toda feliz na loja. Deu um aperto na menina! Ela quase não conseguiu segurar tadinha! kkkk
Conexão que transcende meu entendimento. kkkkk Existe uma linha muito tênue entre ser gemelar e ser irmãs, muitas mães de gemelares que não tem outros filhos além dos gêmeos caracterizam comportamentos de crianças de mesma idade com ser gêmeo, e não é bem assim. Gêmeos é visto com muita romantização e isso me atrapalhou e ainda atrapalha muito. Como se fossem pequenos deuses que tudo que eles fazem está conectados, que se um fica doente o outro fica porque são gêmeos, se um faz isso o outra faz também porque estão conectados. Não é bem assim, a maioria dos comportamentos é respondido porque possuem a mesma idade, são irmãos, vivem na mesma casa com mesmos costumes. Doenças por exemplo é questão de imunidade e idade, crianças pequenas ficam doentes fáceis, se um fica passa para o outro! Gêmeos tem muito mais problemas que benefícios. É muito mais fácil de um gêmeo ficar extremamente dependente do irmão que um não gêmeo. De serem introvertidos, introspectivos, de criar preferencias influenciadas pelo irmão, de não ter a própria identidade. Tem a treta da escola que querem separar ou não gêmeos, eles analisam estatísticas quando deveriam estudar cada caso separadamente. Por exemplo: Gêmeos univitelinos, bivitelinos, meninos, meninas, casal. Tudo isso interfere demais! No meu caso são monocariotica diaminiotica, uma placenta, duas bolsas. Isso interfere na personalidade! É muita informação, muitos poréns.E existem pouquissimos estudos para isso. Aqui estamos discutindo com a escola para colocarem na mesma sala. Eles estão bem resistentes, acham que é simples, que o comportamento é generalizado . Não da para separar o comportamento de cada uma separadamente. A conexão que elas tem é muito difícil de perceber, até que ponto uma interfere na outra? Isso não é visual, é muito complicado. Até Dezembro Lívia era uma criança extremamente nervosa, gritava, não havia conversa com ela, extremamente intolerante, sem identidade, tudo que as irmãs decidiam ela decidia em cima disso, não tinha preferencias, uma criança cinza, não dava para dizer " A Lívia é assim..." Não tinha o que dizer. Começamos a achar que tinha uma coisa ali que não conhecíamos, pesquisei estudos sobre separação de gêmeos, não havia nada com resultados firmes. Então peguei um estudo e comecei estudar o estudo rs. A pesquisa era com gêmeos adultos que tinham ou não estudado juntos por todos anos ou alguns períodos. Obtive o seguinte resultado: Gêmeos univitelinos, bivitelinos, meninos, meninas, casal. Tudo isso interfere.(Como já disse acima). Além de que a harmonia familiar, como a família lida com os gemelares também interfere. Todas as mulheres univitelinas que tinham uma harmonia familiar legal e NÃO eram dependentes ESTUDARAM juntas todos os anos. Todo final de ano a escola apresenta para a família um relatório de como foi o ano das crianças. Alice passou muito bem, já a Lívia: -Se apoia dependentemente em uma amiga especifica e quando esta briga com ela ou não quer brincar com ela, Livia fica visivelmente desapontada e chora bastante. Ela transferiu tudo que ela tinha com a Alice para a amiguinha, ou seja de NADA ajudou separá-las. Agora nas férias ela mudou completamente! Adquiriu vontades e preferencias próprias, decide e não muda de opinião, mais calma, consigo conversar com ela, meiga, amiga. E percebi que todas férias são assim! Ela me dá muito mais trabalho com aulas que sem! Percebem a loucura??? Meu cérebro até doi tentando entender kkkk. Então essa conexão não é simples, não é clara, se estiver claro não é porque são gemelares, mas por serem da mesma idade e irmãs. Se você se perguntar " Mas será??" é bem provável que sim. kkkkk

6 comentários:

  1. Eu acho incrível essa conexão que os gêmeos tem. Acho lindo! ^^

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para mim é assustador kkkk lindo e assustador kkkk

      Excluir
  2. Bem interessante seu texto, nunca tinha parado pra pensar que essa conexão de gêmeos podia se dar pelo fato de terem a mesma idade.

    Beijos/Kisses.

    Anete Oliveira
    Blog Coisitas e Coisinhas
    Fanpage
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né Anete, como tenho a mais velha que tem apenas 1 ano e 9 meses de diferença dá para notar isso, fazem tudo igual rs.

      Excluir
  3. Oi Aline
    super interessante seu texto!
    Uma conexão que depende e independe ao mesmo tempo
    qd era pequena, sonhava em qd crescer ter gêmeos
    hehehehehhe
    Criança em si já vive em constante transição né?!
    N podemos nos apegar a certas coisas pq de repente n é mais nada daquilo
    apesar da forte conexão/ligação, cada criança é única!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Constante transição...exatamente. Muda muito rs. E cada criança é única, Amei o que vc disse. <3

      Excluir

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Destaque do dia

Ser mãe

Receba novas postagens por e-mail!

Posts Recentes

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?