sexta-feira, 31 de março de 2017

Realidade Obstétrica Brasil - Resumão

Hoje vou tentar falar da nossa realidade obstétrica de uma forma bem resumida apenas para concientização das gestantes.

IMPORTANTE: NÃO ESTOU DEMONIZANDO A CESÁREA! A OMS RECOMENDA 15% DE CESÁREA NO PAÍS. ABAIXO DISSO PODE TER MULHERES MORRENDO POR FALTA DE ASSISTÊNCIA, ACIMA DISSO PODE TER MULHERES MORRENDO POR EXCESSO DE INTERVENÇÃO.

-Cerca de 80% das gestantes chegam na primeira consulta do pré natal querendo parir.

-Apenas 50% dessas mulheres conseguem parir.( Na maioria das vezes são de bebês que nascem com bombeiros ou chegam nascendo no hospital)

-Médicos não aprendem na faculdade nem na residencia como é acompanhar um parto natural.

-Na faculdade eles aprendem todos os tipos de intervenções (ocitocina, episotomia, miso, fórceps, cesárea...) mas não sabem esperar o parto caminhar sosinho

-Pelo plano de saúde é quase impossivel parir. Veja essas taxas de cesáreas dos planos de saúde.

- Aqui no estado de São Paulo, Unimed comanda os planos de saúde então vou destacar a taxa dela: 86,7%.

- Médicos tem pressa, eles ganham pouco em parto e querem faturar a maior quantidade de partos possíveis em menos tempo. 

- Brasil é campeão ( no mau sentido) de cesáreas: cerca de 54%.

- A taxa do SUS é relativamente menor que do plano. Cerca de 77% (Alta também!)

- A medicina vende violencia obstétrica em troca de cesárea. (Tipo: a tá, quer parir? deixa eu acelerar essa coisa aqui, fazer uma episio ali, apertar daqui e quero ver ela querer parir novamente).

-É possível ver a taxa de cesárea do seu médico. 




Parir é fisiológico. Parir não é doença. TODA MULHER DILATA! É PRECISO PACIÊNCIA.

A mulher gestante tem direito a todas informações necessárias que quiser. Se informe. Se empodere. Quer cesárea? Tudo bem, mas pelo menos espere entrar em trabalho de parto que é sinal que todos os órgãos do bebê estão prontos para viver fora do útero. 25% dos óbitos neonatais estão relacionados a prematuridade. 39 semanas não é sinal que o bebê está pronto! Mas falaremos mais em outro post.

Colher ou acolher?

quinta-feira, 30 de março de 2017

Parto normal Gemelar?

Gestação gemelar, é possível parir naturalmente?



Na maioria das vezes sim! Mas tem algumas restrições.

Já contei aqui no blog minha experiência da minha gestação de gemelares. Veja aqui:

**São gêmeas e agora? Parte 1**

**São gêmeas e agora? Parte 2**

Minhas filhas tinham duas bolsas e uma placenta. São identicas. A gestação foi muito cansativa e internei duas vezes com infecção urinária. No mais foi super tranquila. 
Engordaram e cresceram muito bem, nasceram com 2,300kg mais ou menos cada uma, com gramas de diferença. Por serem de baixo peso fizeram exame de glicemia regularmente e ficaram mais um dia no hospital comigo. Três dias no total, mas nasceram e foram direto para o quarto comigo.

Temos três opções de gestação gemelar:

Monocariônico e Monoamniótico:
Uma placenta, uma bolsa. Gêmeos identicos de mesmo sexo.

Segunda imagem é mono mono
Monocariônico e Diamniótico:
Uma placenta e duas bolsas. Gemêos identicos ou não (Depende de como foi formado essa placenta única, pode ter sido duas placentas mas no momento da formação elas se fundiram) mesmo sexo ou não.

Segunda imagem é mono di.
Dicoriônico e Diamniótico:
Duas placentas e duas bolsas. Gêmeos não identicos. Sexo diferentes ou iguais. São apenas irmãos compartilhando o útero. Mas os DNA são totalmente diferentes.





O que esperar de uma gestação gemelar?
  • Gêmeos geralmente nascem de baixo peso, mas saudáveis.
  • Pode haver transfusão feto fetal em caso de compartilharem a mesma placenta(Um cresce e engorda a mais que o outro "roubando" os nutrientes do irmão). Nesse caso o parto ou é induzido ou indicado cesárea, pois para o bebê que está ficando sem nutrientes vale mais ficar fora do útero.

  • Mono Mono(mesma placenta e mesma bolsa) é muito difícil um parto natural, pois o primeiro nasce e pode ficar puxando a placenta do outro que ainda não nasceu. Pode haver prolapso de cordão ou a placenta sair junto com o bebê 2.
  • Mono Di (mesma placenta, bolsas diferentes) é mais fácil por cada um ter sua bolsa, geralmente com 36 semanas o parto se inicia naturalmente ou pode ser induzido.
  • Di Di pode ir até 39 semanas, parto bem mais tranquilo, cada um tem sua bolsa e sua placenta, como se fosse dois partos em um.

  • Posição dos bebês:
Bebê de baixo(G1) cefálico, bebê de cima(G2) cefálico/pélvico pode parir naturalmente.

Não encontrei foto de gêmeos. Essa é de tri, mas é mais ou menos assim. G1 cefálico(o do meio) e o G2 pélvico(assim como os dois bebês da esquerda e direita).

Bebê de baixo(G1) pélvico complica mais um pouco, pois o período expulsivo precisa ser mais rápido e pode atrapalhar o bebê dois.

Bebês transverssos. Cesárea.


Trigemelar para cima é muito raro parto normal. Geralmente são cesáreas. São gestações de alto risco.

Inspirações de parto gemelar:





Alguma dúvida? Mande nos comentários ou email: blogjovensmaes@gmail.com que tentaremos o máximo respondê-las.

Aline Viana.
Doula.


quarta-feira, 29 de março de 2017

Diabete gestacional? Bebê Pélvico? Gemelar? Mecônio? 42 semanas?

Pode ter um parto natural nessas circuntâncias?
Sim. Pode.

Semana passada fui em uma palestra exatamente sobre esse assunto. Ministrada por Dra. Priscila Huguet (Obstetra Humanizada) e Gisele Leal (Doula fundadora do espaço Mulheres Emponderadas e do Revelando Doulas).

Espaço Mulheres Empoderadas


Foi muito esclarecedora às gestantes e doulas que participavam da palestra.

Vou começar com dois primeiros tópicos e o restante continuamos nas próximas postagens, nessa semana. Fique de olho!

Diabete Gestacional.

Pode ter parto natural? Sim. Mas tem uns poréns.

Antes de mais nada: Procure um Médico Obstetra Humanizado. Só de ter diagnóstico de Diabete os Obstetras não aceitam e vai direto para cesárea.

Uma gestante que faz seus exames e descobre a diabete nos primeiros meses, logo começa ser acompanhada com nutricionista e/ou nutrólogo. Sua dieta muda rigorosamente e é indicado exercícios leves para abaixar a glicemia.



Então se a gestante segue a dieta, exercicíos, faz os exames de glicemia periodicamente e chega até umas 38, 39 semanas bem, sem nenhum intercorrencia nos exames. Ótimo!



O parto se não iniciar até as 39 semanas ele é induzido. Pois um bebê de uma mãe diabética geralmente são mais gordinhos e troncudinhos.

Agora se temos uma gestante que não fez pré-natal, não fez exames nem dieta e exercícios o parto é arriscado. O bebê é macrossomico ( peso acima do normal) geralmente por volta de 4,5kg ou mais. Corre o risco do bebê não passar pelo canal vaginal. 

Indicações de indução de parto, uma delas é Diabete Gestacional, com Gisele Leal:



Bebê pélvico/ Parto pélvico.

Tem como parir com bebê pélvico? Sim. Tem.

Quem faz um parto pélvico? Médicos humanizados experientes.

O que é parto pélvico? Quando o bebê nasce pelo bumbum ou pernas e não pela cabeça.



Para se ter um parto pélvico o bebê não pode ser prematuro nem baixo peso e nem maior peso. Entre 2,5kg e 3,5 kg.

O melhor parto pélvico é quando nasce pelo bumbum, depois pernas e braços e cabeça por último. A outra maneira é pelas perninhas, depois corpinho, braços, ombro, cabeça.



A posição mais indicada para parir bebês pélvicos é de quatro. Assim o bebê nasce mais devagar, mas mesmo assim tem que ser rápido o período expulsivo.

50% dos bebês pélvicos precisam de reanimação, pois em algum momento do nascimente o cordão fica apertadinho, entre ombro e pelve, ou cabeça e pelve. Isso causa baixa oxigenação e os bebês podem nascer molinhos.

Tem alternativa para bebês pélvicos? Tem várias. Acupuntura, exercícios... mas a Priscila falou da Versão Cefálica Externa. É uma manobra que faz com o bebê ainda na barriga por volta das 37 semanas, que vira o bebê. 
Por que esperar as 37 semanas? Porque até as 37 semanas é muito comum o bebê virar, trocar da cefálica para pélvico/transversso, eles podem trocar de posição várias vezes durante a gestação.
80% das versões tem sucesso.

Vou deixar um vídeo aqui mostrando como é feito:



Melhor cesárea? Se seu médico não é experiente sim. Uma cesária intraparto, feito durante o trabalho de parto, pois assim o bebê está pronto para nascer. MAS não é a unica opção, podemos ainda ter um parto pélvico induzido hospitalar.

Olha esse vídeo, que amor de um parto pélvico! Priscila nossa palestrante foi uma das obstetras desse parto:



Olha a Gisele Leal na TV mulheres emponderadas, falando sobre bebês pélvicos:


E aí gostaram? Mandem suas dúvidas que juntas iremos ajudar!

Aline Viana.
Doula.

terça-feira, 28 de março de 2017

Ideias de penteados para ir à escola. Simples, bonito, prático e rápidos.

 Repost. Adicionando mais idéias...


Gente...quando engravidei eu queria menino só por causa do cabelo kkkkk. Eu era péssima em amarrar elástico no cabelo. Agora faço dormindo kkkk.

Para ir na escola eu prefiro penteados que fiquem firmes, não saia com as correrias, alto para não suar a nuca e presos. E rápidos para não atrasar para escola. Então são penteados simples e práticos.

Rabo de cavalo com trança

segunda-feira, 27 de março de 2017

Começou a chegar os pedidos Aliexpress

Esse mês eu postei dicas de compras no Aliexpress e devagas as coisas vão chegando e eu postando.


Calças: 

 

Essas acima foram alguns dos modelos oferecidos. Comprei bastante para as meninas pois precisavam muito de calças. Estavam todas curtas.

Qualidade: O tecido é leve e quentinho, para usar no Outono e Inverno não rigoroso. Seca super rápido, quase sai seco da máquina. É flexivel e se adapta ao corpinho delas. As cores muito alegres.

Envio: Fiz o pedido no início de Fevereiro e meio de março chegaram. 1 mês e meio.

Tamanho: Para as gêmeas pedi 3T e Nicole 5T. Veio certinho e vestiu muito bem.


Fotos reais:




Calcinhas:



Qualidade: Muito confortáveis e leves, mas temo que o elástico dure pouco. As estampas são super fofas.

Envio: 1 mês e meio de transporte também.

Tamanho: Pedi tamanho 4, 5 anos para as gêmeas(elas tem 3 anos) e 6,7 anos para a Nicole(5 anos).
O tamanho das gêmeas veio certo mas ficaram larguinhas, seria melhor número menor e da Nicole veio tamanho 10! Também ficou larguinha mas estão usando.


Fotos reais:


Ainda faltam bastante pingos, espero que cheguem logo hehe.

Aline Viana


domingo, 26 de março de 2017

O prazer de acompanhar o crescimento de uma criança doce como a Lua!

Tenho uma filha que é incrível e nos surpreende todos os dias. Ela é  minha primogênita. A quem eu admiro muito. Errei tanto nos primeiros anos que vejo que ela foi e é forte demais por aturar uma mãe inexperiente e louca como eu. Eu digo que ela é minha cobaia hehe.

Minhas merdas como mãe na vida dela (isso é pessoal tá? O que pra mim foi ruim para outras pessoas não é):
- Acreditei na minha médica e a tive por cesárea, em fase latente de parto acreditei que não pariria. Ela nasceu num centro cirúrgico encostou no meu rosto e foi embora.( Aqui tem muitas merdas, não cometidas por mim mas fica para outro post).
-Não tivemos a primeira hora juntas o que dificultou o vínculo mãe-filha.
-Não a amamentei em livre demanda. Ela queria peito e eu não dava. Dava de 3 em 3 horas somente. Desde RN.
-Introduzi chupeta.
-Introduzi alimentação com 4 meses e não foi BLW
-Desmamei abruptamente aos 6 meses.
-Eu brigava muito com ela no primeiro ano (Inexperiencia pura, achava que ela queria mandar em mim e tal)
-Com 1 ano e 10 meses (as gêmeas tinham 1 mês de vida) retirei as fraldas por "achar" que ela estava pronta.(Ela tem 5 anos hoje e ainda vaza bastante xixi, motivo de maior frustração dela).

Mas ela sempre foi um doce. (Graças a Deus) pois de acordo com estatisticas ela não seria. Mas.....Porém....eu a crei com muito apego, com muito amor, com muita empatia. Eu não sabia da criação com apego ainda, fui descobrir quando ela tinha uns 3 anos. Mas eu sempre tentei, por intuição, a educar com apego.

Depois das gêmeas comecei a ler mais e mais, pois elas tinham suas particularidades difíceis completamente diferente da Nicole.

Hoje eu tenho uma menina tão doce, tão doce quanto a LUA. A Lua é doce? Não sei... mas a Ni é doce como ela.

Frases dela:
Jogando dama com o pai "Eu fico feliz quando você ganha"
Coversando comigo sobre sentir a dor dos outros " Mãe você é empática"
"Mãe você é meu tesouro"
"Irmazinha que tal você brincar com meu brinquedo e eu brincar com o seu?"
"Estou impressionante não estou?"
"A mamãe é minha amiga. Ela nunca faz coisa mal. Ela faz tete, faz bolo, leva a gente para passear, leva a gente na tia, na vovó, na bisa. Né mãe? Você só faz coisa mal quando briga com a gente, você não pode fazer coisa mal, senão o mal vai gostar de você!"
"Mãe você derrubou essas coisas sem querer? Tudo bem mãe, foi um acidente. Vou te dar um abraço"
"Alice eu sei que você quer o livro mas ele está estragado"
Um personagem do desenho está sofrendo e eu achei engraçado " Mãe! A Lagarta não está achando engraçado!"
Depois de 4 anos explicando os benefícios do sol ela finalmente para de reclamar e diz: "Ah! Sol da manhã...ele é tão saudável!" Ela reclama desde quando começou verbalizar. Ela dizia "Tol! Tol!"
"Eca! Refrigerante!" "Hummm frutas!"

Então eu vejo que se eu tivesse parto natural, amamentação livre demanda, introdução alimentar legal, nossos primeiros anos seriam mais fáceis e em maior conexão. Mas apesar de tudo a essência no acompanhamento dos filhos não é essa. O dia dia, de ser amorosa, empática com seu próprio filho. Isso que realmente vamos, eu e ela, levar para a vida inteira! Vamos aplicar isso agora, quando crescer, adolescente e adulta.

Para quem acha que criação com apego ou disciplina positiva cria filhos mimados, dependentes e chorões não é verdade. Ela almoça, janta e toma café sosinha, toma banho,escova os dentes, se enchuga, me ajuda a varrer quando quer, sabe passar paninho nos móveis, colocar roupa suja no cesto, amarrar sapato, trocar de roupa, se interessa e aprendeu lavar e enxaguar louça, guarda brinquedos melhor do que eu. E isso tudo foi conquistado por conta própria, com interesse dela e eu sabendo seus limites e respeitando eles.

Minha vontade mesmo era de ter uma casa Montessori, que estimula a autonomia das crianças, mas faço com o que posso. Para mim vale mais é ter paciência para esperar o tempo deles e quando esse tempo chegar saber lidar com os erros, que para aprender é preciso errar.

Eu não consigo dizer: "Eu crio minhas filhas". Porque eu apenas as oriento, para não sairem do caminho honesto, feliz, empático e com Deus. Estarei ao lado o tempo todo, mas elas andarão com seus próprios esforços, quando cairem as levantarei e quando vencerem estarei vibrando!

Li para ela o post e olha o que ela pediu para escrever:

"Eu gosto muito da mamãe
ela é meu tesouro
eu não prendo as borboletas
falo com carinho, amor e beleza"



Obrigada Nicole, por fazer minha vida mais feliz, mais plena, mais amorosa, mais DOCE.
Te amo!
Feliz 5 anos! Os 5 anos mais alegres da minha vida.

De Aline Viana para Nicole Viana.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Dicas de desenhos Netflix

Antes de mais nada eu queria dizer que super valorizo a criança brincar ao ar livre.

Mas uma vez por dia eu coloco desenho por 30 min a 1 hora para elas. Seja para tomar banho, fazer janta ou ter um tempo para o meu seriado hehe.

(Pesquisas afirmam que antes dos dois anos não é indicado expor a telas. Depois dos dois anos poucas horas.)


Eu tenho muitos problemas com desenhos. Existem muito no mercado e eu acho problemas em quase todos. Não tenho TV pois odeio as propagandas que incentivam o consumismo desde cedo nas crianças. Então assinamos Netflix.

Desenhos que NÃO estarão nessa lista:
  • Personagens que causam intrigas, brigas, competições desnecessárias. 
  • Desenhos com violência, coloridos demais e com muitas músicas.
  • Crianças mimadas que querem tudo no seu tempo e conseguem. 
  • Que estimulam as meninas serem  APENAS meigas, rosas, brilhantes com maquiagem, meninas perfeitas e meninos fortes, machões, briguentos que não choram.
  • Que aparecem víceras (mesmo que pareça ser engraçado). Olhos que caem, vomitos, corpo desidratado.
  • Musicais de mais de uma hora com mesmo personagem.
  • Crianças que batem e não acontece nada com quem apanha.
  • Se há um personagem inconsequente, mesmo que não seja o principal.
  • Desenhos bobos demais ou personagens bobos. Principalmente se esse bobo ganha vantagem.
  • Que mudam as histórias Classicas, o desfecho ou a história inteira. (Histórias Clássicas: Chapeuzinho vermelho, Cachinhos dourados, Cinderela...)
  • Coisas muito surreais que parecem verdade. Como nascer uma macieira no fundo do mar.
  • Desenhos que não tem dificuldades. É do começo ao fim cheio de alegria.
  • E NUNCA deixamos as meninas ver tutoriais de brinquedos, de fulano que comprou um brinquedo, vai lá e filma como ele é.
Todos esses tipos de desenhos que eu disse acima, nós já colocamos em casa e elas tentaram fazer como os personagens e conversando esclareceram para a gente que fizeram por causa do desenho que assistiram. Mesmo sabendo que não aceitavamos aqueles tipos de postura.

Então sim, as crianças tentam imitar tudo que assistem e TUDO fica registrado no cérebro delas. Além de ser minha experiência, também tem estudos para isso. Elas são como uma esponja, coloca ela em contato com coisas de Deus e elas serão fiéis a Deus, colocam elas vendo desenhos de brinquedos elas vão querer aquele brinquedo e vão sim ficar doentes por causa dele, o mesmo vale para desenhos violentos etc etc etc.

Finalmente a lista de desenhos que coloco para elas:

Alguns títulos estão em inglês mas todos tem idioma português. É só para facilitar a busca no Netflix.
  1. Que ajudam na Disciplina Positiva (para os pais aprenderem) e no bom comportamento das crianças:
  • Daniel Tigre: Com músicas super simples que podemos usar no dia dia e ajudam a criança lidar com todos os sentimentos: "Se você estiver bravo com vontade de gritar! Respire bem fundo e começe a contar, 1,2,3...4...." é uma delas.
  • Cailou: Mostra o dia dia da família com pais amorosos e que também disciplinam.
     2. Amizade sem ciúmes e brigas bobas:
  • H20 meninas sereias;
  • Clifford, o gigante cao vermelho;
  • Timmy time;
  • Terra dos cavalos;
  • Toy story;
  • Mouk;
  • Beat Bugs;
  • Ben and holly. Little kindom;
  • Sarah and Duck;
  • Backyardgans;
  • George o curioso.(Filme e série).
    3. Emponderamento Feminino
  • Pocahontas;
  • Mulan 1 e 2;
  • Como treinar seu dragão;
  • Doutora Brinquedos;
  • Valente;
  • Princesa Sofia;
  • A xerife Calie;
  • Enrolados;
  • Mia an Me, o mundo de Mia;
    4. Científicos, natureza e conhecimento de culturas de outros países.
  • Onibus mágico;
  • Deep;
  • Dinossaur Train;
  • Puffin Rock;
  • Hora do Justin;
  • Mouk.
    5. Persistencia e amizade:
  • Procurando Nemo;
  • Spirit O Corcel Indomável (Prepare o lencinho para chorar muitoooo).
    6. Folclore:
  • Igarapé Mágico.
    7. Musicais:
Não costumo mais colocar, mas quando colocava eram esses:
  • Pauleco e Sandreca, Palavra cantada;
  • Bla Blas;
  • 3 Palavrinhas;
  • Beat Bugs.( Não é bem musical, mas eles criaram histórias a parti das músicas dos Beatles).
    8. Para aprender iglês:
  • Super Simple Songs( Somente no youtube ainda e são músicas com desenhos)
  • Little Baby Bum ( músicas com desenho)
  • Super why ( Coloco no youtube em inglês. É um desenho que explica fonemas, grafemas e leitura em inglês, no meio de histórias super divertidas.)
Importante ressaltar que essa é MINHA lista. São desenhos com filtros MEUS. Que podem identificar com famílias que ficam caçando desenho como eu, ou não rs.

No vídeo abaixo o professor Carlos Nadalin explica sobre a superexposição das crianças a filmes e desenhos:



Nesse Thiago do Paizinho Vírgula conta sua versão sobre TV e desenhos infantis:


Flávia Calina: Bebês podem assitir TV?


Flávia Calina disponibizou os estudos que ela leu:

Televisão reduz desenvolvimento cerebral e habilidades linguísticas nas crianças: http://goo.gl/PO5TAF

Uma experiência pessoal de uma mamãe que vive em Miami - O que nós ganhamos quando a televisão saiu de cena: http://goo.gl/GwWzyn

Bebês de até 2 anos não devem assistir TV, dizem pediatras: http://goo.gl/SIF6n

Imaginação e Fantasia em Montessori: http://goo.gl/sJTdW5

A Criança e a Disciplina "Série: Criando uma mente saudável - Parte 11" Autores: Jon Talber / Ester de Cartago : http://goo.gl/UBmaEL

Textos em inglês (copiem e colem o texto no google tradutor para traduzir em português):

Television and the Montessori Child: Part 1 http://goo.gl/Onu4Je

Television and the Montessori Child: Part 2 http://goo.gl/XpHFw7

Television and the Montessori Child: Part 3http://goo.gl/eo6dWE

Vídeo do pediatra e pesquisador Dimitri Christakis sobre como a TV afeta o cérebro das crianças: How TV Affects the Brains of Young Children: http://goo.gl/aFjsCm

Why to Avoid TV Before Age 2: http://goo.gl/9fvlND

Infants, Toddlers and Television: http://www.urbanchildinstitute.org/ar...

TAG: MAMÃE DE PRIMEIRA VIAGEM: http://youtu.be/x4tbCjCGDUA

Canal Tiago e Gabi: https://www.youtube.com/user/primeira...

Pesquisa tira foto das expressões visuais das crianças enquanto assiste tv.


E vocês como fazem?

Aline Viana


quinta-feira, 23 de março de 2017

Tire foto dos seus bebês

Porque eles crescem... e muito rápido!


"A fotografia eterniza o momento", e com certeza nossos filhos bebês serão eternamente lembranças que queremos ver a todo tempo. Afinal, não importa o quanto cresçam, eles sempre serão nossos bebezinhos. Somos os de nossa mãe até hoje, não é mesmo?
Não precisamos investir em muitos fotógrafos profissionais, se você tem condições, faça, porque vale a pena. Mas se não tiver não deixe de registrar pequenos momentos e de arrumá-los para a foto. Vale sempre a pena. E sempre mostre a eles conforme forem crescendo, é importante para o conhecimento próprio, eles entendem que já foram bebês e que estão crescendo. Faça sempre uma recordação junto com eles. Principalmente quando eles começarem com aquelas "crises" de "querer ser como bebê".


Foto de Natalia Biscaro


Foto de Natalia Biscaro 


Foto de Natalia Biscaro





Foto de Natalia Biscaro
Foto de Natalia Biscaro



Acervo Pessoal

Foto de JPG Mini Gráfica

quarta-feira, 22 de março de 2017

O que é Método Montessori?

 Vamos começar em quem é Montessori:

Essa senhora linda é Maria Montessori. Ela criou o Método Montessoriano. Poderia explicar como ele é e funciona mas não sou preparada para falar sobre. É lindo! Eu entendo assim:

Olhar com empatia para a criança, saber que ela tem muitos conhecimentos para te ensinar. A criança é um nato cientista. Ela deve estar sempre incluída nas rotinas da casa, cozinhar, limpar, organizar, lavar. A autonomia deve ser estimulada. Deve-se conhecer e respeitar todas as fases de crescimento dela e suas individualidades.

Frases de Maria Montessori:
A inteligência da criança observa amando e não com indiferença - isso é o que faz ver o invisível.
Nunca ajude uma criança numa tarefa em que ela se sente capaz de fazer.
 Os caprichos e desobediências da criança não são outra coisa senão aspectos de um conflito vital entre o impulso criador e o amor para com o adulto que não a compreende.
  A curiosidade é um impulso para aprender.
 As crianças revelaram que disciplina é resultado somente de um desenvolvimento completo, do funcionamento mental auxiliado pela atividade manual.
 Nenhuma descrição, nenhuma imagem de nenhum livro podem substituir a vista real das árvores em um bosque com toda a vida que acontece em volta delas.
 A criança ama tocar os objetos para depois poder reconhecê-los

Vou falar o que eu fiz do método Montessori em casa. 

Brinquedos, livros, quebra cabeças, jogos de memória ficam sempre na altura delas, aqui em casa não coloquei no quarto por falta de espaço e porque quero integração delas no meu meio de circulação.

Livros á altura(Foto retirada da internet)

Na cozinha, sempre que possível as deixo integradas. O certo seria ter uma torre de aprendizagem mas não temos então elas usam a cadeira mesmo. 


Torre de aprendizagem (Foto retirada da internet)
Enchendo o pote de Nescau

No banheiro tem uma cadeirinha para lavarem as mãos e escovar os dentes. Elas usavam para subir no vaso também.

Banquinho (Foto retirada da internet)
Nosso banquinho

No quarto desde 1 ano e meio estão na mini cama. Pelo método montessori seria o colchão no chão com espelhos e brinquedos acessíveis.

(Foto retirada da internet)
(Foto retirada da internet)
Na sala deixei os brinquedos de raciocínio e concentração como quebra cabeça, blocos e jogos da memória. Também deixo na sala caixas de papelão que elas usam como barco, cama, berço, casa, avião rs.

(Foto retirada da internet)

Confecção e pintura da caixa de jogos

Caixa de jogos

Exposição de quebra cabeças rs
Brinquedos montessorianos organizados


Para integração com a natureza temos quintal e deixamos um espaço com terra, temos árvores frutíferas e iniciamos um projetinho de horta orgânica. E o que não podemos oferecer em casa tem na escola e nos passeios a parques que fazemos.

Passeio no bosque
Amor ao tomatinho colhido em casa.

Veja esse vídeo de nós fazendo um bolo para o café da tarde:

Rolou dedos sujos, lambidas na colher, experiementando sabor do fermento(kkk)


Aline Viana

Destaque do dia

Ser mãe

Receba novas postagens por e-mail!

Posts Recentes

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?