Siga-nos você também!

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

Babaquisse sem limites ☝


Chá de calcinha ou chá de desfralde é a nova moda de agora. (recebemos os prints que compõem o post e resolvemos escrever sobre isso.)



Estamos criando uma sociedade fast, tudo tem que ser feito rápido, tudo tem prazo de validade e tempo cronometrado. É o mais novo/velho discurso: Quanto mais cedo melhor. A geração Alpha. Sim queridos amigos, quem tem a minha idade já ouviu sobre a geração x,y e z. Mas estamos na geração Alpha, a dos mais inteligentes mas também dos maiores casos de TDAH. A geração da tecnologia, a geração youtube, a geração FAST, a geração que não sabe esperar, que não entende uma palma da mão estendida, mas entende muito bem um quadrado vermelho com um play branco no meio.

Nossos filhos nascidos depois de 2010, os alphas: Tem idade certa para bater palmas, para andar, para falar, para ser alfabetizado, idade para desfralde. Com certeza você já deve ter passado por uma dessas pressões e ter sentindo enorme frustração por não se encaixar no padrão fast ou por ter feito tudo o que manda o figurino mas está infeliz.

Porque viver Fast é uma grande merda. Tira a alegria de viver e vai desencadeando uma série de sentimentos infelizes como ansiedade, panico e depressão.

As crianças já nascem sendo pressionadas: tem que aprender isso ou aquilo, devem estar na escola tal, de idioma tal. Que fulano de tal já sabe fazer coisa tal.
Começa a desastrosa comparação e de repente já estamos fazendo cotação da escola que vão estudar, guardar dinheiro para a faculdade, pro intercambio, pro curso de lingua e o bebê nem fez a pega correta na teta da mãe ainda.

Você deve estimular! Eles dizem... 
Se você está se indentificando com esse discurso te convido para assistir o filme ou a série: O começo da vida. Se pegar um tempinho do seu dia para o filme ou série vai ver que as crianças não precisam ser estimuladas, elas são genios quando crianças, o cérebro está trabalhando a mil, milhões de sinapses se formando. Advinhem: SOZINHOS!

Não se deve estimular, mas tirar estímulos. Esquece estímulo visual, estímulo auditivo, estímulo sensorial. Parem de comprar livros sensoriais e leve o bebê pra terra/grama/areia. Bota a mãozinha do bebê na pele de um cavalo de verdade. Leve para ouvir o galo de verdade. Deixe o bebê debaixo de uma árvore ouvindo o som do vento batendo nas folhas. Desligue a TV e deixe as crianças entediadas! Verá que logo após o choro vira uma ideia mirabolante, vão fazer pedaços de pau virar avião/boneco/colher/carro uma caixa de papelão pode virar uma nave/casa/mesa.

Não se deve estimular andar/correr/fazer coco/xixi/ dormir. Isso tudo é completamente normal para um filhote do ser humano. Eles aprendem vendo, no tempo certo deles. Nenhuma criança saudável vai ficar sem andar. Aprender andar com 1 ano e 3 meses não é coisa do fim do mundo! Aniversário de dois anos não é sinonimo de desfralde! Cada criança tem seu tempo. Alguns tem habilidade motora maior que outras mas no fim  de tudo serão adultos que dormem no horário certo e que fazem xixi e cocô no vaso quando tiverem vontade.

Chá de desfralde é apenas mais uma pressão desse mundo FAST. Ela precisa aprender a fazer xixi no vaso, chega de comprar fraldas né? Porque não fazer uma festa para estimular ou comemorar?

1. Não existe padrão de idade para desfralde;
2. Fazer as necessidades no vaso não é algo a ser super valorizado, é apenas uma etapa da vida.
3.Depois do desfralde é comum ter vários escapes por uns 6 meses
4. É um evento íntimo ou seja, não público, de conscientização do funcionamento do corpo, de auto controle e maturidade cerebral. Não deve ser exposto as pessoas desconhecidas,amiguinhos e parentes.

Pensem comigo: A criança faz dois anos e já começam dar penico de presente de aniversário. Desde que ela nasceu ela usa um plástico no meio das pernas que segura coisas molengas e molhadas, um plástico que esteve lá desde que ela nasceu. Algumas vezes sai uma coisa de dentro dela que incomoda e fede, ela começa a se incomodar com aquilo que não a deixa sentar e pede para a mãe tirar.
Um dia a mãe tira aquela coisa do meio das pernas que as pessoas chamam de "fralda". Ela se sente livre e arejada, mas claro, aquela coisa que sempre saiu dela, saiu no meio da brincadeira e dessa vez a molhou todinha! Que será que aconteceu? antes não molhava! Ela está decepcionada com aquilo tudo e chama sua salvadora: a Mãe. A mãe vem e reage:

1. Isso é xixi filha, vamos te limpar, quando quiser ir ao banheiro chama a mamãe tá?
Continuam os escapes frequentemente e a família decide que talvez não seja a hora. Ok. Esperam o momento certo de uma maneira tranquila.

2. Isso é xixi filha, vamos te limpar, quando quiser ir ao banheiro chama a mamãe tá?
A familia toda fica sabendo, pois a nova etapa é pública, que a criança não está usando mais fraldas. A mãe troca e a tia vem: Você já é grande, não deve mais fazer na roupa. Um parente: Credo que feio! Mijou na roupa! Uma amiga: Puxa ainda faz na roupa? O seu amiguinho fulano não usa mais fraldas e faz no vaso direitinho. Em poucas horas a criança recebeu uma série de repreensão e comparação. Os escapes ficam cada vez pior e começa a regredir, mas se a mãe voltar as fraldas será estremamente criticada porque não pode voltar as fraldas! O dinheiro das fraldas foram gastos na festinha de desfralde, que decepção, onde já se viu ser mandada pelo filho?

Quando é o momento certo de desfralde?
Quando a criança tirar as fraldas e ir ao banheiro sozinha.
Eu poderia dizer uma série de indicativos que diria qual é o momento, mas todos eles não significam nada. Converse, explique o que é fralda, o que é vaso/pinico, como você faz cocô e xixi. Conte histórias, inventadas ou de livros.( Era uma vez um Urso que deixava a fralda seca por muito tempo e um dia resolveu ir ao banheiro quando sentiu apertado e parou de usar fraldas).

Como foi por aqui?
Nicole: fralda seca com 1 ano e 9 meses. Tirei as fraldas, conversamos. 1 mês ela foi belezinha, aos poucos foi regredindo. Causou stress em mim e no pai dela, pressionamos. A família pressionou. Piorou muito. Ela tem 5 anos e ainda preciso lembrar de ir ao banheiro frequentemente.
Alice e Lívia: Esperei e não ia tirar tão cedo. Escola disse que elas iam ao banheiro sosinhas e tiravam a fralda. Fiz o teste em casa, comprei um livro bacaninha e derrepente não usavam mais. Estão com 3 anos e meio e uma delas não usa nem a noite.
Lara: 1 ano e 8 meses pedindo para ir ao banheiro. Sepração dos pais. Escola forçou. Pai forçou. Mamãe se viu sozinha. Resultado: regresso. Conseguiu novamente e definitavmente, quando a mamãe tirou a semana para isso, não deixou ela ir em casa de avó, de tia, escola e nem na casa do pai. Prestou atenção em cada detalhe. Escondeu todas as fraldas. em três dias ela desraldou completamente (incluindo a fralda noturna! uhul). Houveram pouquíssimos escapes noturnos depois disso. Diurno apenas um. Aqui contamos detalhadamente como foi: Desfralde Concluído com Sucesso - Lara.

Não se preocupe! Não vão usar fraldas para sempre!



Por: Aline Viana e Bruna Francine.

Comentários

  1. Puts, parabéns pela excelente colocação. Precisamos repensar tantas coisas!

    https://luanasphinelly.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Aline e Bruna:
    Não tenho filhos, mas o bom senso do seu post me fez comentar pra dizer exatamente isso: bom senso, sempre. Dar tempo pra criança, deixa-la ser ela mesma, e pelamor, né? Tem coisa mais triste do ver uma criancinha ser repreendida por todo mundo, e ser comparada com outra?
    Excelente texto!
    beijosssss

    ResponderExcluir
  3. Tudo que é em exagero não é bom! Eu achei mt legal a ideia do chá, adoro fazer festa pra tudo! Minha filha começou a sair das fraldas com 1 ano e 10 meses, já completou 2 mais ainda usa para dormir e só agora comecei a ter coragem de sair de casa sem fralda. Entendo que tem mães que acabam subindo às pressões etc, mas isso já é uma característica psicológica dela que precisa ser trabalhada. Entendo sua preocupação e seu ponto de vista, mas dizer que é bobagem, vai depender de cada mãe julgar se realmente é válido ou não fazer. Eu vou fazer pra minha filha, não desse jeito que está nas fotos pq não vou gastar tanto assim, vou fazer um bolo caseiro para café da tarde, chamar as avós e as tias e pronto! Nem pedir calcinha eu vou, se a pessoa quiser levar tudo bem, mas eu pretendo comprar mais calcinhas pra ela e entregar na festinha. Acho que a vida merece sim ser celebrada em todos os sentidos, cada etapa deve sim ser aplaudida elogiada, motivada! Eu fui da geração do "vc não fez mais que sua obrigação" é isso me fez um mal horrível! Sei que com motivação eu poderia ter ido mais longe! Nao precisamos ostentar também né, começar a fazer festas a nível de aniversário como se tornaram os chás de bebês, mas um café da tarde com as mulheres da família para celebrar esse momento não vejo nada demais!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Mais vistas...

TAG - Eu NUNCA

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo