Siga-nos você também!

O dia que elas pararam de bater na porta do banheiro

Depois das gêmeas passei 2 anos sem tomar banho direito. Elas batiam na porta, tentavam entrar no chuveiro e meus banhos demoravam cerca de 3 minutos.

Eu tinha um sossego quando marido estava em casa e eu fugia pro banheiro escondida, mesmo assim elas ouviam o som do chuveiro e choravam. E eu ficava sonhando com o dia que essa neurose de "Minha mãe não me ama, minha mãe me abandonou" ia sumir.

E um dia fui ao banheiro com elas brincando e fiquei só esperando qual parte do banho iam interromper. Passaram em frente a banheiro, acenaram e continuaram brincando. Simples assim, um dia não choraram à porta.

E aí eu fiquei feliz porque elas estavam crecendo! E fiquei triste porque elas estavam crescendo....

Uma sensação de perda, de que passou aquela fase que tinha seus momentos ruins mas bons também.

Coisa de mãe né?

Mas para minha alegria (ou não) com 3 anos voltaram tudo de novo, e a gente fica IUPIIIIIII e NÃÃÃÂO! DE NOVO NÃÃÃOOO! tudo ao mesmo tempo.

E a gente segue indo e voltando às fases, ao apego, mas sempre dói um pouquinho quando uma fase ruim/boa vai embora não é?


Comentários

  1. Ser mãe é tão contraditório né?!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    A gente torce p parar, qd para a gente sofre
    É uma loucura!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Mais vistas...

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

Frustração na amamentação, você passou por isso?

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo