Siga-nos você também!

Greve Geral - 28/04/2017 - Sou mãe, e agora?

Tantas e tantas discussões redes sociais afora, muitas infundadas e preconceituosas de ambos os lados, mas no fundo em nome da democracia pode-se tudo né?
Bom, já que podemos falar tudo porque somos democratas, então posso fazer uma greve geral na maternidade também?

Ah, sei lá, cansei de educar filhos pra crescerem e ficarem discutindo política facebook afora sem fundamentos, cansei de limpar bumbum, cansei de trabalhar pra sustentar os filhos e nem se quer ter aposentadoria por esse trabalho de mãe. Ah! Mas não é um trabalho né? É obrigação. Verdade. Eu quis assim. Tenho que pagar sozinha por isso, então.

Cansei de levar pra escola, fazer tarefa de casa, procurar melhor forma de ensinar e educar, cansei da amamentação exclusiva, parto então? Podemos pular essa parte? Natural ou não essa coisa de parir dói, e não é nem um pouco fácil. Cansei. Já inventaram outra forma?

Ah, cansei!

Vamos fazer greve também. 

Porque a igualdade vem vindo pra todos... menos para as mães... AH, mães continuam sendo mães, tendo obrigações de mães, deveres de mães, direitos de mães (ops, mãe não tem direito a nada, só de licença e de fila preferencial), aí depois tudo acaba.

É, não é nosso país, é nosso mundo, ops, é nossa natureza né? 

Escolhemos ser mãe... temos que suportar...

Mas quem sabe se aderirmos a greve geral alguém lembra das mães?


"Momento reflexão, apenas reflita, ninguém vai fazer greve da maternidade e nem deixar de ser o que somos e o que lutamos para ser. Apenas um desabafo. Sei que muitas sentem essa vontade todos os dias. Mas que afastam essa possibilidade rapidamente. Só queremos ser compreendidas. Nem que seja por um dia. Pode ser hoje?"

Comentários

Mais vistas...

TAG - Eu NUNCA

Porque comer legumes e verduras na gestação (e durante a amamentação)

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo