Pular para o conteúdo principal

Alfabetização: quando vamos ensinar e acabamos aprendendo.


“Os adultos não devem impor censuras sobre o que a criança pode ou deve ler e escrever, nem sobre a idade certa para esse aprendizado”, defende Maria do Rosário Longo Mortatti, professora da Unesp e presidente da Associação Brasileira de Alfabetização. “A criança não precisa pedir ou esperar permissão dos pais ou da escola. Ela pode e deve começar esse aprendizado quando desejar.”


Confesso que me assustei quando ela sabia qual era a letra E, ela tem 3 anos e reconhece as vogais (Ah! Também reconhece alguns números). Meu Deus! Enquanto eu estudo leis ela está estudando também?! 👻



Sei que a escola está tendo um papel importantíssimo para com isso, e mesmo que algumas pessoas achem cedo demais, ela não está fazendo forçada, e nem se quer há nada que torne essa "tarefa" chata.

Leio livros desde a gestação, estudo ao lado dela desde que nasceu, leio livros PARA ela, COM ela e ela lê para mim (é uma fofura! Preciso fazer um vídeo pra mostrar para vocês.. rsrs), então não é nada de anormal, ela apenas se inspira e quer ser igual.

Quando fui procurar estudos para fazer essa postagem a intenção era dar dicas para o início da alfabetização, estabelecer algumas metas e etc. Porém ao colocar na minha realidade e também na realidade das escolas em que já trabalhei, me dei conta de que não existem regras, ou ao menos não deveriam existir.


A única coisa que de fato importa é o incentivo a leitura desde sempre, não porque queremos ter filhos superdotados, mas porque queremos filhos com uma cultura, imaginação, criatividade, amor pelo mundo. A frase que define muito o que penso em relação a isso é do Bill Gates 

"Meus filhos terão computadores, mas primeiro terão livros!" 📚💛




É importante incentivar, nunca cobrar, nem exigir. 
Eles começam "lendo" as imagens, depois estabelecem relação delas com tamanhos e então começam a associar letras com elas; não existe tempo certo nem melhores técnicas, a leitura não deve ser técnica, dever ser prazeroso, como qualquer outra arte a literatura é considerada uma delas. Mas lembre-se: sem exigir! Sem forçar.

E o melhor aprendizado, em qualquer área, sempre será melhor se vindo de bons exemplos. 




Comentários

Posts Recentes

Postagens mais visitadas deste blog

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

Babaquisse sem limites ☝
Chá de calcinha ou chá de desfralde é a nova moda de agora. (recebemos os prints que compõem o post e resolvemos escrever sobre isso.)



Estamos criando uma sociedade fast, tudo tem que ser feito rápido, tudo tem prazo de validade e tempo cronometrado. É o mais novo/velho discurso: Quanto mais cedo melhor. A geração Alpha. Sim queridos amigos, quem tem a minha idade já ouviu sobre a geração x,y e z. Mas estamos na geração Alpha, a dos mais inteligentes mas também dos maiores casos de TDAH. A geração da tecnologia, a geração youtube, a geração FAST, a geração que não sabe esperar, que não entende uma palma da mão estendida, mas entende muito bem um quadrado vermelho com um play branco no meio.
Nossos filhos nascidos depois de 2010, os alphas: Tem idade certa para bater palmas, para andar, para falar, para ser alfabetizado, idade para desfralde. Com certeza você já deve ter passado por uma dessas pressões e ter sentindo enorme frustração por não se encaixar no pa…

Era só pedir...

Esse fim de seamana me deparei com esses quadrinhos mega realistas. Foi traduzido do francês pela Bandeira Negra.
Post Original da Bandeira Negra.
Post Original da Emma em francês.




TAG - Eu NUNCA

Por ideia da minha xará Bruna do Blog Maternices vou responder a TAG de coisas que nunca fiz ou nunca aconteceram comigo. Vamos a dez respostas.

No fim indicarei alguns blogs que gosto muito para responder a TAG também.



Eu NUNCA fumei;
Eu NUNCA pintei meu cabelo de roxo (eu ainda morro de vontade);
Eu NUNCA pintei as unhas de preto (sabe que eu nunca tinha me dado conta disso?!)
Eu NUNCA terminei de ler "O mundo de Sofia" (estou lendo ele desde o terceiro colegial - vulgo 4 anos)
Eu NUNCA parei pra pensar as coisas que eu NUNCA fiz (parei agora - foi difícil, viu?! rsrs)
Eu NUNCA dormi descoberta (mesmo no calor de 33 graus - tenho medo.)
Eu NUNCA acampei (sempre quis)
Eu NUNCA fiquei engessada (mas sempre quis só pra escreverem no meu gesso. rsrs)
Eu NUNCA vou deixar de dormir sem cobrir
Eu NUNCA assisti a um jogo de vôlei ao vivo (ainda quero)

Blogs que sigo e indico para responder a TAG:
Mitos, Rock & outras Filosofias
O Blog Que Não é Blog
Casal Be&Be
Casa Dreans
Carol NM
Lusita…