Siga-nos você também!

Alfabetização: quando vamos ensinar e acabamos aprendendo.


“Os adultos não devem impor censuras sobre o que a criança pode ou deve ler e escrever, nem sobre a idade certa para esse aprendizado”, defende Maria do Rosário Longo Mortatti, professora da Unesp e presidente da Associação Brasileira de Alfabetização. “A criança não precisa pedir ou esperar permissão dos pais ou da escola. Ela pode e deve começar esse aprendizado quando desejar.”


Confesso que me assustei quando ela sabia qual era a letra E, ela tem 3 anos e reconhece as vogais (Ah! Também reconhece alguns números). Meu Deus! Enquanto eu estudo leis ela está estudando também?! 👻



Sei que a escola está tendo um papel importantíssimo para com isso, e mesmo que algumas pessoas achem cedo demais, ela não está fazendo forçada, e nem se quer há nada que torne essa "tarefa" chata.

Leio livros desde a gestação, estudo ao lado dela desde que nasceu, leio livros PARA ela, COM ela e ela lê para mim (é uma fofura! Preciso fazer um vídeo pra mostrar para vocês.. rsrs), então não é nada de anormal, ela apenas se inspira e quer ser igual.

Quando fui procurar estudos para fazer essa postagem a intenção era dar dicas para o início da alfabetização, estabelecer algumas metas e etc. Porém ao colocar na minha realidade e também na realidade das escolas em que já trabalhei, me dei conta de que não existem regras, ou ao menos não deveriam existir.


A única coisa que de fato importa é o incentivo a leitura desde sempre, não porque queremos ter filhos superdotados, mas porque queremos filhos com uma cultura, imaginação, criatividade, amor pelo mundo. A frase que define muito o que penso em relação a isso é do Bill Gates 

"Meus filhos terão computadores, mas primeiro terão livros!" 📚💛




É importante incentivar, nunca cobrar, nem exigir. 
Eles começam "lendo" as imagens, depois estabelecem relação delas com tamanhos e então começam a associar letras com elas; não existe tempo certo nem melhores técnicas, a leitura não deve ser técnica, dever ser prazeroso, como qualquer outra arte a literatura é considerada uma delas. Mas lembre-se: sem exigir! Sem forçar.

E o melhor aprendizado, em qualquer área, sempre será melhor se vindo de bons exemplos. 




Comentários

Mais vistas...

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

TAG - Eu NUNCA

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo