Siga-nos você também!

Andador Infantil - Usar ou não usar?


Uma das maiores polêmicas é quando a criança começa a andar e tem sempre aqueles que querem colocar o andador de qualquer jeito, mas na hora de escolher entre usar ou não usar o andador é importante saber o porque. 

Quando fui escolher, os maiores sites infantis e de minha confiança "Guia do bebê" e "Baby Center" indicavam veemente a não usar o andador por prejuízos motores. Confesso que ao pesquisar hoje para fazer esse post me assustei com a diferença dos dois sites.

Não sei se em dois anos as pesquisas mudaram tanto, ou se a industria conseguiu interferir. Se leres a reportagem inteira dizem que não há malefícios, apenas os riscos de acidentes. 





"Segundo o pediatra Paulo Sérgio de Barros Ferreira, "os estímulos proporcionados pelo andador são inadequados quando comparados com aqueles mais instintivos dados pelos pais que acompanham a criança nos seus primeiros passos". 


Mas ainda acredito, como em qualquer escolha que fizermos na maternidade, que quanto mais natural melhor. Seja lá o que for. Então deixar a criança aprender a andar por si mesma ainda seria a melhor escolha, e o grande risco de acidentes por si só já é um grande motivo para deletar o uso do andador.




“Uma das principais restrições ao andador dizia respeito ao alto número de acidentes que ele pode provocar, mas percebemos que isso é consequência da negligência dos pais. Independentemente do uso do andador, eles devem estar sempre atentos aos filhos nessa fase de exploração e descobertas”, afirma Marisa Mancini, orientadora do projeto do Departamento de Terapia Ocupacional da UFMG.
Se os pais optarem pelo andador, seu uso deve ser sempre supervisionado e com tempo limitado para que a criança possa explorar o seu ambiente de formas diferentes, se desenvolvendo bem tanto motora como cognitivamente."



Se ainda assim ganhares ou escolheres usar, ficam as dicas:
  • Quando a criança estiver no andador a atenção deve ser exclusiva à ela
  • Esqueça fogão, máquina de lavar, etc.
  • Se a campainha tocar lembre-se de tirar a criança.
  • Nunca, nunca, a deixe sozinha.
  • O tempo deve ser limitado a no máximo 5 minutos.




Importante é sempre respeitar as escolhas da mãe do bebê, se ela disser que não vai usar, não adianta insistir e dar um de presente. Logo essa fase passa e com certeza a escolha que a mãe tiver será a melhor para o bebê.

Comentários

  1. Legal Bruna, existe o andador de empurrar que vale a pena considerar também.
    Eu não usei nas 3. Andaram com 9 meses Nicole, 10 Lívia, 11 Alice. Pra deixar elas por perto eu usava a cadeiriha da fisher price que balança. Eu optei por não colocar, mas devemos sempre, sempre respeitar a escolha das mães. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Já ouvi comentários de mães que segundo elas seus filhos tiveram problemas nos pés devido ao andador infantil. Tenho o mesmo pensamento que você, quanto mais natural melhor, espero conseguir levá-lo adiante quando minha princesa chegar.

    Um lindo dia para você. Beijinhoss.

    Pela primeira vez falei sobre minha gestação no blog, ter sua visita lá será um prazer.
    http://coisasdemulhercris.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Mais vistas...

TAG - Eu NUNCA

Porque comer legumes e verduras na gestação (e durante a amamentação)

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo