Pular para o conteúdo principal

Homeopatia funciona? Asma tem cura? Minha experiência da interação entre as duas.

Quando as gêmeas tinham 1 ano de vida, entraram na creche e logo depois vieram as típicas doençinhas de creche. Gripes, resfriados, viroses e dermatites.

Sou uma pessoa mega tranquila e racional quando as pequenas ficam doentes. Quando minhas filhas adoecem eu tento de tudo antes de desesperar. Esperei as férias, a virose foi embora, mas o peito sempre cheio de catarro. Barulho de catarro na garganta.

Fui no pediatra e ele receitou Predisin quando estivessem com muito catarro. Acontece que elas sempre tinham catarro, nada resolvia, Predisin mascarava. Marquei Alergologista, não tinham nada de alergia. Foram pelo menos 6 meses de Predisin. Contei para o médico e ele manteve a medicação. 

As pequenas incharam de tanto corticóide.


Com 2 anos, eu já não aguentava mais e a Lívia nos acorda de madrugada com febre e tosse, vomitou tudo que tinha direito por causa da tosse, saiu pelotes de catarro. Ela tinha suspeita de asma nessa época. Quase internou. Estava com pneumonia e saturação baixa (Oxigenação do sangue), meu coração gelou, minha pequena quase que interna.
Eu não conseguia acreditar que fosse asma, pois ela nunca demonstrava insuficiência respiratória. Com saturação baixa, febre e pneumonia ela corria pelo hospital. 

Passou duas semanas e foi a vez da Alice. Mas dessa vez foi bem pior. Ela não tinha forças, molinha, febre, tosse, catarro. Internou com saturação baixa. Bem na época do surto do H1N1. Ficamos em isolamento, num quarto com mais duas crianças em suspeita.

Foram longos quatro dias, os dias mais tristes e solitários que tivemos. Ela ficou no oxigênio. Saia do oxigênio para tomar banho e ficava toda molinha. Suspeitaram de pneumonia mesmo com pulmão limpo, iniciou antibiótico mesmo sem diagnóstico. Mas o que faltava na verdade era pontualidade nas inalações. Graças a Deus no quarto dia ela saiu.

Minha maior dor era ver minha pequena doente, mole e mais duas em casa precisando de mim, mesmo sendo bem cuidadas pela avó, meu coração se rasgava no meio.

Saímos de lá decididos nunca mais voltar. Foram dois pneumologistas depois disso, e um monte de remédio inalatório todos os dias.

Eu pensava: “Não é possível, deve ter alguma alternativa, esses remédios tem reações que não posso ignorar”. E começamos ir atrás de uma medicina mais natural.


Entramos em contato com uma médica homeopata, foram elas e a família inteira. Em 1 mês usando os remédios homeopáticos, não foi necessário mais os remédios de controle da asma. Ao contrário do segundo pneumologista que me disse “Elas irão usar para o resto da vida, não tem cura nem alternativa!”


Hoje foi nossa consulta de retorno, e os pulmões das minhas filhas estão limpos!

Homeopatia funciona? Eu acredito que sim. Ao contrário dos médicos comuns, que tratam somente de doença, homeopatia se preocupa com saúde. Preciso de um tempo usando os remédios homeopáticos para confirmar a vocês se obtive uma história de total sucesso, mas vale muito, muito a tentativa!

Asma tem cura? Dizem que não. Eu acredito que tudo pode ser possível, e vou até o final do mundo para descobrir e trazer saúde as minhas filhas.

Nosso próximo passo é passar com médico Nutrólogo, que cuida da nossa saúde através da alimentação. Nós somos o que comemos.

E você? Qual dica ou qual experiência você tem para compartilhar conosco?

Aline Viana




Comentários

  1. Ai gente, que dózinha da de ver essa foto.

    Me passa teu Insta pra eu ver se já te sigo amôura ;)

    Beijo !

    | O Blog Que Não é Blog |

    | Julinha e os Vídeos - Canal do Youtube |

    | Cadastre-se no Clixsense e Ganhe por Clicar em Links |

    ResponderExcluir
  2. Ai gente
    É de partir o coração ver seres tão frágeis e indefesos passando por td isso...
    Fiz uso uma vez de xarope homeopático e foi o q resolveu a situação do Arthur!

    Bjoooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

A Polêmica do Feijão com a Beterraba!

Recebi de algumas mamães perguntas sobre um post que as mesmas leram na internet (Você Sabia que não pode cozinhar Feijão com Beterraba?), onde se dizia que não se pode cozinhar feijão juntamente com beterraba. Elas me procuraram, pois estavam preocupadas alegando que sempre fizeram isso achando que aumentariam o ferro na alimentação de seus pimpolhos, como percebi que surgiu muita dúvida sobre esse tema resolvi elaborar esse post para esclarecer uns pontos: 



✔Tanto o feijão quanto a beterraba são ótimos alimentos, portanto, a menos que você possua alguma intolerância ou simplesmente odeie esses alimentos, não os exclua de sua rotina alimentar pois eles são super nutritivos!
✔Esses dois alimentos são conhecidos por serem alimentos ricos em ferro, então porque não podemos consumi-los juntos? 

O feijão cozido com beterraba não seria um “super feijão”? 😎
Então não posso mais “comer” feijão junto com beterraba? 😱


🔝Pode! Pode! Pode! 



💡Mas vamos esclarecer: Você pode sim comer feijão junto …

O que aprendi com a fórmula infantil

Por Camila Teles,mãe da Beatriz, nutricionista.
"Beatriz está com 2 meses, a cerca de uma semana estava irritadiça e chorona a tardezinha, nada a satisfazia, e queria mamar de meia em meia hora. Também não estava dormindo bem a noite, ficava muito agitada e "resmungando" durante o sono.
Então, na consulta de rotina com a pediatra relatei esse ocorrido.
Eu já sentia e sabia o que estava por vir, talvez por ser nutricionista, talvez por um instinto maternal, mas antes de tomar a decisão final quis ouvir a opinião da pediatra.
E aí ela me pergunta: você sente suas mamas ficarem cheias?
Eu respondi: não sinto mais
Pronto, ali tive a confirmação de que era realidade aquilo que eu tinha certeza por ser nutricionista, mas não queria acreditar por ser mãe.
Em seguida a pediatra disse que iria avaliar a Bia pra ver o que faríamos e pra minha infelicidade ela havia perdido peso de duas semanas pra cá (não quis a pesar em casa nessa semana pois já imaginava isso).
Enfim a pediatr…

Postagens mais visitadas deste blog

Qual nosso valor? Qual o valor da mãe que há em você?

Estamos em crise  econômica e política. Brasil cada dia levanta mais um pouco da saia e vemos suas sujeiras.Empregos e ações caindo. Preços aumentando.

Sabemos o quanto isso é bom para os brasileiros, mas até nos recuperarmos dessa crise quem mais sofre? Quem tem filhos.

Não é fácil ser mãe e não ter dinheiro. Não poder fazer todas as vontades do filho dói demais!
Ontem eu não resisti. Foram muito dias recusando brinquedos e bolinhos no mercado. Já dei muito "não" e não consegui dar outro. Minhas filhas são extremamente compreensivas. O que dói mais ainda, porque é fácil dizer não para a criança que faz birra e se joga no chão. Mas dizer não para aqueles olhos brilhantes perguntando: "É caro mãe?" dói demais!

E eu me dei conta do meu valor como mãe. De ser forte. De ir contra meu ímpeto de comprar tudo. Porque muitas vezes não queremos criar seres consumistas mas em outras muitas vezes é por não ter dinheiro para comprar tudo que eles querem. De querer comprar tudo…