Pular para o conteúdo principal

Você pode ser o que quiser, mas não esqueça de ser mãe

Defendo fortemente aqui no blog a ideia de que nós jovens mães podemos ser o que quisermos. Não vou deixar de defender isso. Porém quero lembrá-las minhas queridas amigas, que somos mães. Por mais que possamos ter o tempo nosso, inclusive com as dicas que sempre damos aqui, tanto para beleza quanto para o nosso emocional, não seria bom jogar tudo pro alto e deixar de lado a nossa essência de mãe.



Acredito que a maioria sabe conciliar vida pessoal, com vida maternal. Posso parecer uma louca separando isso, mas nós temos que saber separar, senão definitivamente enlouquecemos. Sim, precisamos estar com nosso bebês o tempo todo, pensar neles, agir com eles e por eles, mas e nós? Como fica? Não existimos mais depois da maternidade?

Aquela mulher que gostava de cozinhar coisas diferentes, a menina que gosta de ficar horas no telefone com as amigas, a moça que gosta de alisar os cabelos cacheados e cachear os cabelos lisos... Não esqueçam dela, e nem das coisas que ela gosta de fazer. Exista! Seu filho te vê como uma rainha. Seja uma rainha!


Mas não deixe de lado a maternidade linda que há em você, por mais jovem que seja. Só você sabe o quanto é madura pra conciliar tudo. Esqueça o que dizem. Não dê bola pra quando disserem que você não consegue. Você consegue sim. 

Ah! E quando quiser chorar, somente chore. Seja no banheiro, no travesseiro ou na rua. Você é apenas uma jovem mãe. Não é perfeita. Mas as olhos do seu filho é 

Claro que se hoje você estiver determinada a ser feliz esse post vai ser uma inspiração pra você. Mas se hoje é daqueles dias que não aguentamos mais nada, vai parecer que estou falando um monte de abobrinhas sem fundamentos. Mas aí você volta naquela parte em que eu digo chore onde quer que seja. Depois você volta e lê novamente! 

Se ainda assim der vontade de desabar, desabe. Afinal, somos mães. E a maternidade real cansa. Mas acredite, quem nos vê como heroínas é porque realmente somos. Afinal, só mães conseguem ainda estar em pé e sorrir quando a maior vontade é desabar e chorar.

Mas no fim vale a pena não é?

Quem não quer um sorriso desses?





Comentários

  1. Essa foto de vocês é linda! Esse sorriso então muito gostoso!! Poxa eu achei lindo o seu texto, quero ainda poder experimentar e viver esse sentimento materno porque só assim vou realmente saber o que é ser uma mãe, uma mulher guerreira e protetora. Mas minha hora vai chegar se Deus quiser, mas é isso aí Bruna (palmas) Show! ♥

    Beijocas

    casalbeebe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ow que fofa você! vai chegar sua hora com certeza! É um sentimento indescritível, apesar de eu sempre tentar descrever. rsrs
      Serás maravilhosa! E vamos trocar muitas experiências juntas.
      Beijos.

      Muito obrigada pelo comentário.

      Excluir
  2. Boa tarde, gostei bastante do seu texto, ser mãe deve ser um sentimento único, parabéns!
    beijos!
    http://www.garotadelicada.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ai que fofura! Vou mandar esse post pra minha mãe, ela vai adorar. Ficou lindo, belas palavras! Esses dias minha mãe postou no Facebook, acho que é uma corrente, em que ela diz que não trocaria tudo o que ela passou por mim e pela minha irmã, que se tivesse que escolher ter filhos de novo naquela época, ela escolheria que sim também.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manda sim Thami! Ela merece. E parabéns por terem uma mãe dessas!
      Obrigada pela visita.

      Beijos.

      Excluir
  4. Que lindo texto! Mamães vcs são guerreiras! Verdadeiras heroínas!
    Bjoo

    Tiemi
    RoseBoxBlog

    ResponderExcluir
  5. Olá Bruno!

    Adorei este texto,sou mãe de três lindos filhos que são minhas maiores alegrias!
    Mesmo com a correria do dia dia nunca deixe o meu lado eu rsrs,aquela que adora escovar os cabelos, fazer as unhas e i melhor se mãe.
    Hoje em dia vejo muitas meninas sendo mamãe e no começo é tudo lindo,depois de um tempo bem lembram que tem filhos vivem suas vidas de solteiro como se não houvesse o amanhã!
    Como é triste...

    Ótima semana. Bjinhos
    http://casadreams.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kelly! Muuuuito obrigada pelo comentário. Adorei saber um pouco da sua experiência materna.Também fico triste com meninas que deixam os filhos de lado e só os pegam para tirar fotos :( Mas quem sabe um post desses não chega até elas? Talvez falte um pouco verem que "perder" a juventude pelos filhos vale muito mais a pena.

      Beijos.

      Bom domingo.

      Excluir
  6. Texto lindo, e como gosto muito do blog indiquei-te numa tag espero que gostes e respondas aqui no teu blog ;)

    Beijinhos,
    Patrícia Oliveira
    http://the3oclock.blogspot.pt/2016/07/tag-de-tudo-um-pouco-escrito-por-luana.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada lindas! Adorei a Tag de vocês e vou responder sim. Muito obrigada pela indicação.

      Beijos.

      Excluir
  7. Amei o texto!
    Nada mais importante e satisfatório do q o sorriso de nossos filhos!
    N há tempo/dinheiro que seja maior q momentos com eles

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente assim Fernanda!

      Muito obrigada pela visita *-*

      Beijos.

      Excluir
  8. Minha mãe é tudo para mim sem DEUS e ela não sou nada,
    bom final de semana.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que reconheces isso nela, Deus sempre a frente!

      Beijos.

      Bom domingo.

      Excluir
  9. Que post lindo!! E agrega valores.

    Sua filha é linda ♥

    Beijos
    http://vestibulandaguerreira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Valéria! *-*

      Valores é o que pretendo passar para as pessoas. :)

      Beijos.

      Excluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

A Polêmica do Feijão com a Beterraba!

Recebi de algumas mamães perguntas sobre um post que as mesmas leram na internet (Você Sabia que não pode cozinhar Feijão com Beterraba?), onde se dizia que não se pode cozinhar feijão juntamente com beterraba. Elas me procuraram, pois estavam preocupadas alegando que sempre fizeram isso achando que aumentariam o ferro na alimentação de seus pimpolhos, como percebi que surgiu muita dúvida sobre esse tema resolvi elaborar esse post para esclarecer uns pontos: 



✔Tanto o feijão quanto a beterraba são ótimos alimentos, portanto, a menos que você possua alguma intolerância ou simplesmente odeie esses alimentos, não os exclua de sua rotina alimentar pois eles são super nutritivos!
✔Esses dois alimentos são conhecidos por serem alimentos ricos em ferro, então porque não podemos consumi-los juntos? 

O feijão cozido com beterraba não seria um “super feijão”? 😎
Então não posso mais “comer” feijão junto com beterraba? 😱


🔝Pode! Pode! Pode! 



💡Mas vamos esclarecer: Você pode sim comer feijão junto …

O que aprendi com a fórmula infantil

Por Camila Teles,mãe da Beatriz, nutricionista.
"Beatriz está com 2 meses, a cerca de uma semana estava irritadiça e chorona a tardezinha, nada a satisfazia, e queria mamar de meia em meia hora. Também não estava dormindo bem a noite, ficava muito agitada e "resmungando" durante o sono.
Então, na consulta de rotina com a pediatra relatei esse ocorrido.
Eu já sentia e sabia o que estava por vir, talvez por ser nutricionista, talvez por um instinto maternal, mas antes de tomar a decisão final quis ouvir a opinião da pediatra.
E aí ela me pergunta: você sente suas mamas ficarem cheias?
Eu respondi: não sinto mais
Pronto, ali tive a confirmação de que era realidade aquilo que eu tinha certeza por ser nutricionista, mas não queria acreditar por ser mãe.
Em seguida a pediatra disse que iria avaliar a Bia pra ver o que faríamos e pra minha infelicidade ela havia perdido peso de duas semanas pra cá (não quis a pesar em casa nessa semana pois já imaginava isso).
Enfim a pediatr…

Postagens mais visitadas deste blog

Qual nosso valor? Qual o valor da mãe que há em você?

Estamos em crise  econômica e política. Brasil cada dia levanta mais um pouco da saia e vemos suas sujeiras.Empregos e ações caindo. Preços aumentando.

Sabemos o quanto isso é bom para os brasileiros, mas até nos recuperarmos dessa crise quem mais sofre? Quem tem filhos.

Não é fácil ser mãe e não ter dinheiro. Não poder fazer todas as vontades do filho dói demais!
Ontem eu não resisti. Foram muito dias recusando brinquedos e bolinhos no mercado. Já dei muito "não" e não consegui dar outro. Minhas filhas são extremamente compreensivas. O que dói mais ainda, porque é fácil dizer não para a criança que faz birra e se joga no chão. Mas dizer não para aqueles olhos brilhantes perguntando: "É caro mãe?" dói demais!

E eu me dei conta do meu valor como mãe. De ser forte. De ir contra meu ímpeto de comprar tudo. Porque muitas vezes não queremos criar seres consumistas mas em outras muitas vezes é por não ter dinheiro para comprar tudo que eles querem. De querer comprar tudo…