Siga-nos você também!

Crianças: seres políticos apartidários

Em ano eleitoral é mais que justo falarmos sobre política. Não é porque é um blog que aborda maternidade que vamos fugir do assunto; até porque, a criação política do ser humano vem de casa, e normalmente dos pais.


Políticado Grego: πολιτικός / politikos, significa "de, para, ou relacionado a grupos que integram a Pólis")
Nos regimes democráticos, a política é a atividade dos cidadãos que se ocupam dos assuntos públicos com seu voto ou com sua militância.

Partido político é um grupo organizado, legalmente formado, com base em formas voluntárias de participação numa associação orientada para influenciar ou ocupar o poder político.


E o que nossas crianças tem a ver com isso? E nós como mães? TUDO!

Vivemos reclamando de nossa democracia e de nossas escolhas, mas nunca paramos pra pensar que as pequenas atitudes que tomamos são as que realmente fazem a política do lugar que vivemos: nossa cidade, nosso estado, nosso país, nosso continente, nosso mundo.
Não deixe de lado sua responsabilidade como pai, mãe, tio, tia, primo, de ensinar a uma criança a boa convivência em sociedade.
Talvez combater a corrupção de que tanto se fala, não seja tirando fulano ou cicrano do poder, mas sim ensinando nossas crianças nas pequenas coisas, pois assim como se faz no pouco, se fará no grande.

Sim, a responsabilidade política do nosso futuro é toda nossa quanto responsáveis por nossas crianças.



E porque crianças são seres políticos? 
Naturalmente já nascemos com a natureza de organização humana, é notório isso. 

E porque apartidárias?
Como definido acima, partido político é um grupo organizado para um determinado fim dentro do poder político.

Talvez nunca façamos parte de um partido, mas não existem seres apolíticos. Toda criança faz sua política quando está na escolinha com os amiguinhos, ou até mesmo quando tenta convencer aos pai do que é melhor.



Quando crescer ela terá total liberdade para escolher se continuará sendo apartidária ou se escolherá um caminho a seguir. E independente de qual seja, saberei que cumpri o meu papel de mãe de mostrar que um mundo melhor construímos no lugar que estamos.

Não podemos acabar com a corrupção no mundo, mas podemos construir a honestidade onde estivermos.



Ah! E levar seu filho junto para votar criará consciência política nele desde pequeno. Não, não é desnecessário. Pelo contrário, ao ver que você pode mudar o mundo com um botão verde em uma urna ele saberá que poderá fazer o mesmo e muito mais!

Utópico? Talvez. Mas sem utopia não se chega ao longe. Quem se acomoda com o que tem, nunca terá algo melhor.







Comentários

  1. É nossa responsabilidade mesmo, educá-los para a política.
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Carol, mas infelizmente muitos pais esquecem dessa responsabilidade.

      Obrigada pela visita.

      Beijos.

      Excluir
  2. Belo texto! Sem dúvidas serão eles os próximos cidadãos que vão decidir o destino político do país.

    beijocas
    casalbeebe.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim sim!

      Obrigada pela visita!!

      Beijos.

      Excluir
  3. Bruna é para mim uma honra tê-la como amiga, estive a ver seu blog com mais atenção e é muito rico, na escrita, no convívio e em fotos. É certo a criança aceita o que lhe ensinam elas são boas aprendizes, cabe aos adultos a inteligência para esse ensino.
    Bjinho.
    António.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada António. Eu que sinto-me honrada.
      Concordo com sua última frases, crianças aprendem rapidamente, que mais adultos sejam sensatos para ensinar da melhor forma.

      Abraços.

      Excluir
  4. Bruna, seu blog é muito interessante, adorei a iniciativa, e vou continuar acompanhando por aqui <3

    www.estranhanoparaiso.com.br
    youtube.com/estranhanoparaisoh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Aline!

      Obrigada pela visita, volte sempre! Já estou te acompanhando.

      Beijos.

      Excluir
  5. As vezes as crianças sabem muito mais do que os adultos né? Por serem mais verdadeiras.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Thami.

      E elas sempre são verdadeiras.

      Beijos.

      Excluir
  6. Infelizmente fazemos parte de um povo que abomina a política. Um povo que assiste inerte aos mandos e desmandos por parte dos governantes, mas que prefere "não se meter". Cresci ouvindo que política não se discute. Pelo contrário; política se discute e se ensina às nossas crianças. Questionei este fato justamente no meu post Parlamentando, pois noto que as pessoas não sabem o verdadeiro significado da política e de parlamentar. Conversar, discutir e ensinar políticas são pilares da democracia!

    Parabéns pelo seu post!

    Mitos, Rock & outras Filosofias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela opinião! Fico feliz que também pense que política se discute e se ensina as nossas crianças. Afinal, se não nos metermos como poderemos exigir melhoras?

      Obrigada pela visita.

      Beijos.

      Excluir
  7. Bruna primeiramente parabéns seu Blog é muito interessante com assuntos diversificados e inteligentes..., quero também te agradecer pelo carinho e dizer que é um prazer enorme fazer parte de um grupo junto a você.
    A respeito do tema também credito que as crianças e os jovens precisam ser motivados. Com bons exemplos, com histórias de decência, com valores e princípios éticos. A conscientização política precisa vir da escola, dos mestres, dos pais. Hoje, o país respira política por todos os lados.
    Precisamos estar atentos aos acontecimentos, ter interesse pelo assunto, ser cidadãos atuantes, a sociedade em geral só terá espaço quando estiver participando com seriedade.
    Um grande beijo a você, que seu caminho seja sempre muito abençoado.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Mais vistas...

Porque o Chá de calcinha (ou Chá de Desfralde) é uma bobagem

TAG - Eu NUNCA

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo