Siga-nos você também!

Orgulho - Como vai?

Como vai o seu orgulho?

Já deixou ele de lado alguma vez hoje?





O orgulho pode ser interpretado de duas maneiras:

  1. 1.
    sentimento de prazer, de grande satisfação com o próprio valor, com a própria honra.
  2. 2.
    sentimento egoísta, admiração pelo próprio mérito, excesso de amor-próprio; arrogância, soberba.



Há quem diga que orgulho é a forma de se conquistar grandes coisas na vida, desde as mais simples até as grandiosas, é pelo orgulho que lutamos pelo nosso valor próprio, pelo amor que temos a nossa vida.
Mas há também quem diga que o orgulho fere pessoas, mata, que ele te deixa cego e não faz enxergar o próximo.
Afinal, é bom ou ruir se ter orgulho?
A grande questão está em até onde vai o seu orgulho e porque. Se ter orgulho serve apenas para te levar além, sem que prejudique o próximo então ele está sendo usado para valorizar sua honra e está caracterizado com o significado 1; porém se ter orgulho também te leva além porém ferindo o próximo isso torna-se algo ruim, e enquadra-se na qualificação 2.
Sou uma pessoa extremamente orgulhosa, admito, em ambos os sentidos. Porém minha busca é diária para que o significado 1 seja o que norteie minha vida. Pois não existe motivos para se estar no mundo se não for para viver pelo próximo. Claro, deve-se viver sua vida da melhor maneira e da forma como quiser, mas pensar no próximo faz com que tenhamos um mundo melhor.
Talvez o que falte pra atingirmos a utópica ideia de que teremos um mundo consensual em que as pessoas se amem e se compreendam seja apenas boas colocações de nossas atitudes. Ser orgulhoso pode ser bom, desde que não prejudique o próximo. E não precisamos pensar em grandes relacionamentos, podemos pensar nos simples, do dia a dia, você e seus pais, seu namorado, seu filho, seu marido, seus irmão, seus melhores amigos. Por eles é capaz de deixar seu orgulho de lado não é? Então seja capaz por um mendigo na rua também, por uma garota a mercê da sociedade, por uma criança faminta, por um cachorro abandonado. Quando tiver a oportunidade, deixe o orgulho 2 de lado e se orgulhará da forma 1.






Esse post foi inspirado em uma conversa com Yuri do Blog Mitos, Rock & outras Filosofias




Por: Bruna Francine

Comentários

  1. Que texto inspirador! É raro hoje em dia conhecer pessoas que pratiquem apenas o primeiro orgulho citado no texto, infelizmente.
    Amei o texto!

    Cá entre nós, miga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Mas Acredito que as pessoas podem chegar lah. vamos espalhar...

      Obrigada pela visita.

      Beijos

      Excluir

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante! Deixe seu comentario e seu link que contribuiremos a visita de todos com prazer :)
Obrigada pela visita! *-*
Beijos

Mais vistas...

TAG - Eu NUNCA

Porque comer legumes e verduras na gestação (e durante a amamentação)

Já Curtiu Jovens Mães no Facebook?

Loucuras e realidades da maternidade. Siga a gente no Instagram!

Blogs que sigo